Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Quarta-feira, 20 de Abril de 2005
Não sei se rie, não sei se chore....

Esta, NINGUEM vai ler de certeza!


 


De: Maria Fernanda …..


Rua…..


Para: Seguro Directo


 Departamento de Sinistros


 20 de Abril de 2005


Assunto – Apólice nº ………… – Participação de sinistro (Ocorrência nº ………………….)


Exmos. Senhores,


Esta é, com concerteza, uma carta que gostaria imenso de não ter de escrever.


Pensei em fazê-lo apenas de um modo curto e seco, muito profissional, limitando-me a enumerar factos para contrapor à v/ posição perante a ocorrência que vos coloquei.


Mas confesso que a sensação de injustiça que me atormenta é tão forte, que tenho de começar com um desabafo, que peço me desculpem, mas além de um nº de processo, sou uma pessoa, bem como quem está desse lado! Assim posso ter a esperança de que tenham a paciência de me ler!


 Tenho carta de condução há 14 anos, e nunca tive qualquer problema porque sou uma condutora medricas e cuidadosa, que odeia conduzir.


Apenas o faço de casa para o trabalho e vice-versa (convém!), com passagem pelas escolas dos meus filhos, e pouco mais.


Nunca ultrapasso, nunca excedo o limite de velocidade, em suma, sou uma autêntica naba exasperante ao volante!


Quando tenho de ir a Lisboa, vou sempre de camioneta. Fiz uma excepção naquele malfadado dia 12 de Fevereiro. É caso para dizer que há certos dias em que não se devia MESMO sair de casa!


 Estava eu PARADINHA na Av. de Berna, em fila, quando a condutora à minha frente decide fazer marcha atrás sem olhar e PUMBA, bate no meu carro.


Saímos, olhámos uma para a outra, mil pedidos de desculpa da parte dela, e blá, blá,blá.. chegámos à conclusão que estávamos as duas muito atrasadas, e ela assumindo a culpa do sucedido, trocámos apenas o número de telemóveis e de apólices.


Fiquei descansada porque a senhora tinha bom aspecto, e decerto não haveria problema nenhum. Felizmente a juntar ao bom aspecto, a D. Maria João também é uma pessoa séria.


Encontrámo-nos uns dias depois, para preencher a declaração amigável, que só assinei depois de perguntar à minha companhia de seguros (VOCÊS) se era esse o procedimento correcto, e cada uma a enviou por fax para a sua seguradora.


E esperei.


 Até aqui, tudo bem.


 Por insistência do meu marido, que não tem fé nenhuma na honestidade dos outros, resolvi confirmar junto da OK Teleseguro se a participação tinha mesmo sido efectuada.


Tinha sido, sim senhora, o que provou que a minha intuição não tinha falhado. Mas que, por causa de um acordo não sei de quê, o meu carro seria arranjado pela minha companhia, e o da D. Maria João pela dela.


 Agradeci a informação, e fiquei a pensar com os meus botões “coitada da minha companhia, afinal vai entrar em despesas sem eu ter culpa nenhuma, o que vale é que o carro está pouco amachucado. Sorte teve a D. Maria João, que já tem o carro tão estragado, que este embate não lhe fez mossa nenhuma…”


Pois, pensava eu.. “decerto que a minha companhia vai depois pedir o reembolso à outra…”


E estando nestas deambulações idiotas perante os possíveis aborrecimentos que eu poderia causar a um gigante empresarial, lá liguei para a minha companhia (VOCÊS) para perguntar quando poderia pôr o carrinho a arranjar, tanto que tenho de o levar à inspecção, e não convém ele ir de olho torto!


A resposta que ouvi, já os senhores a conhecem!


 A apólice estava cancelada por falta de pagamento!


A minha primeira reacção foi de pura incredulidade.


Uso pouco a conta onde me é descontado o valor do seguro (uns miserentos 17,23 €), não tenho o cuidado de andar a ver o saldo, até porque o gerente do banco tem a amabilidade de me telefonar quando o mesmo está em risco, portanto, o meu espírito está descansado…


Obviamente, o meu 1º passo foi ligar para o banco a perguntar o que se tinha passado.


 “Ai D. Fernanda, tem toda a razão, mas sabe estas coisas passam só pelo sistema informático, não passam pelas nossas mãos… Verifique os extractos do banco, ou passe por cá, que analisamos em conjunto. Muito prazer em ouvi-la, depois diga-me alguma coisa, sim?”


Pois.


 E viva o sistema informático!


Eu própria já não passo sem computador!


Felizmente que no site do BCP os extracto das contas estão online desde 2003.


Lá imprimi desde Agosto de 2004… a dia 23 lá está o seguro… a 22 de Setembro, lá vem o descontinho.. a 21 de Outubro, lá está ele…. A 21 de Dezembro, uma vez mais (“olha, descontaram mais dinheiro, porque será? Isso agora não interessa, Maria!”), a 21 de Janeiro de 2005, cá está ele!


Então e em Novembro? Em Novembro não está! Analisando o saldo da minha conta, verifico que apenas no dia 22 de Novembro, não havia dinheiro suficiente na conta (por causa dos safados da Tranquilidade que lá foram sem eu esperar!).


É claro que com 4,96 € eu não podia esperar que me descontassem 15,97€!


 Portanto , meus senhores, vocês têm razão!


Em Novembro de 2004, não puderam retirar o dinheiro da minha conta, porque no dia 22 não havia saldo suficiente.


Com certeza que dava muita chatice lá voltar no dia 23… Ou se eu fosse uma mulher de sorte, teriam lá passado no dia 21 (na volta era fim de semana, ou coisa assim…)


 Enfim…


 Mas gostava que alguém me explicasse uma coisinha…


Quando um cliente não paga um mês, ninguém se dá ao trabalho de avisar, e anulam logo a apólice?


E, anulando a apólice, não avisam o cliente, e mesmo assim, vão retirar dinheiro nos dois meses seguintes, com a apólice já anulada???


E mais, desculpem se me estou a alterar, mas já pensaram que entre Dezembro de 2004 e Abril de 2005 (desde que anularam a dita, até ao dia em que eu vos telefonei) EU ANDEI DE CARRO SEM SEGURO????


 Se me tivesse acontecido um acidente grave, ou se tivesse sido mandada parar pela Policia, como era?


Figura de parva eu fazia, em completo desconhecimento da situação!!


 No meio de todo este relambório, uma coisa positiva.


 Quando liguei para o v/ serviço de Apólices, tive a sorte de ser atendida pela D. Célia Charneca, que teve a paciência de me ouvir, me deu as referências Multibanco para eu poder pagar o mês de NOVEMBRO de 2004, e os meses de Fevereiro, Março e Abril de 2005, tornando a apólice de novo activa.


 Ao menos, isso!


Não quero deixar de salientar aqui a simpatia e a competência da D. Célia, que inclusive, no dia 5 de Abril, teve de sair mais tarde do emprego por minha causa.


 Justiça seja feita!


 Bem, já me alonguei bastante.


 Se não tiveram a paciência de me lerem, aqui fica um resumo:


1. Na v/ carta que recebi a 15 de Abril de 2005 (num envelope da Império-Bonança!), indicam que a minha apólice foi anulada em 20 de Dezembro de 2004.


2. No entanto, em 21 de Janeiro de 2005, foi retirada a prestação da minha conta.


 3. Mandei por fax a participação de sinistro a 23 de Fevereiro de 2005.


4. Fiquei a saber a 5 de Abril de 2005, por telefone, que a minha apólice não estava em vigor, e paguei os valores que me indicaram em falta., tendo sido reactivada a apólice.


5. Não tive qualquer culpa do acidente (ESTAVA PARADA!!!) pelo que, pela lógica, devia ser a companhia da outra condutora (OK Teleseguro) a pagar o arranjo do carro!


 Pela lógica, digo eu….


Face ao exposto, solicito que defendam os meus interesses, pois sou vossa cliente, e desenvolvam todas as iniciativas necessárias para que o meu carro seja arranjado.


O mais ridículo desta situação, é que o arranjo é mínimo, quem olha distraidamente nem nota que o carro foi batido!


Mas estou no meu direito de pedir que o arranjem, e desse direito não vou abdicar.


 Obrigado pela vossa atenção, e fico a esperar (não indefinidamente) por uma resposta da vossa parte.


Não sei se serve de muito, mas junto cópia do extracto do banco, o resto da papelada, já está nos vossos serviços.


Melhores cumprimentos,



publicado por Fernanda às 17:07
link do post | favorito

De Anónimo a 21 de Abril de 2005 às 15:53
dp informa-nos do resultado!...

ashistorias.blogspot.com
ospensamentos.blogspot.compedro
(http://ashistorias.blogspot.com)
(mailto:pedro_darkman@hotmail.com)


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A ESTRELA !!!

Mas nem tudo são desgraça...

Pois..

Saudade...

ESTUPIDAAAAAAAA!!!!

20 anos

Beleza Pura

De Centauro a Sereia

ATÉ DEUS....

QUERO UM!!!!

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

blogs SAPO
subscrever feeds