Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Sexta-feira, 30 de Dezembro de 2005
Ai Deus, ai vida...

Há pessoas que ficam tão imbuídas na sua relação com Deus, que se esquecem de serem generosas com os seres humanos que as rodeiam.


 Ficam tão convencidas que Deus as ouve, que ficam surdas às palavras das humildes criaturas que não têm a pretensão de já terem encontrado o seu caminho para o Divino.


 Devem rezar tanto, e ficarem tão orgulhosas de Deus as amar, que não dão qualquer importância às oferendas de amor que outros iguais lhes fazem.


 Calam os apelos que lhe chegam, com um simples “Deus ama-te. És perfeita perante Deus” deixando nas entrelinhas um “Agora deixa-me em paz, estou à procura do meu caminho para Deus”.


Demitem-se de qualquer responsabilidade no efeito que as suas acções têm nos outros, com um profundo “Está tudo escrito na grande Roda da Vida”.


 E para não restarem dúvidas, mandam ler, porque mal não faz, livros com a sabedoria de Outros que são como eles.


Sim. Vou ler o livro (“Conversas com Deus” de Neale Donald Walsch)


 Pode ser que me converta! *******************************************************************************************


Para quem não está a perceber nada disto, a minha mãe biológica já me escreveu.


 A carta mais impessoal e seca que já recebi na minha vida.


Manda-me encontrar-me comigo própria e com Deus. Muito bem.


 Vou ver como está a agenda de ambos. Será que Ele vai levar 41 anos a chegar até mim???


 Chamem-me ingrata, mas se calhar era melhor não ter recebido nada.


 Pois… Como ela diz, e tem razão, nunca estou satisfeita com nada, caramba!


 Pode ser que Deus me ajude a redimir!


Aliás, vai ser a minha única resolução de Ano Novo: chatear o Gajo lá de cima!


 AMEN! ******************************************************************************************* Pessoal, os Votos de Bom Ano estão no post abaixo.



publicado por Fernanda às 12:51
link do post | comentar | favorito
|

19 comentários:
De Anónimo a 4 de Janeiro de 2006 às 18:46
E quem sabe se afinal não encontras o que procuras? Já te tinha dito uma vez... a resposta está dentro de nós e não nos outros. A busca interior nem sempre é o caminho mais fácil, aceitarmos o nosso destino... ainda mais dificil, mas uma vez encontrando isso... encontramos Deus e com ele a paz interior. Não é isso que procuras? BjsLuisa Abreu
(http://www.tatueblue.blogspot.com/)
(mailto:kimposssible@hotmail.com)


De Anónimo a 2 de Janeiro de 2006 às 21:57
Faz o favor de não te converteres, ouviste? Mas também não o chateies demais... Enfim, equilíbrio, estás a ver? Sabes que estou a brincar apenas para aligeirar a questão. Que a tens que resolver contigo, é certo. Mesmo sem marcares reuniões... :)) Beijos e Bom Ano!lique
(http://mulher50a60.weblog.com.pt)
(mailto:alice.semaravilhas@gmail.com)


De Anónimo a 2 de Janeiro de 2006 às 17:33
De repente deu vontade de um abraço...
Uma vontade de entrelaço, de proximidade..
de amizade..sei lá..
Talvez um aconchego que enfatize a vida e
amenize as dores...
Que fale sobre os amores,
que seja teimoso e ao mesmo tempo forte.
Deu vontade de poder rever saudade de um abraço.
Um abraço que eternize o tempo
e preencha todo espaço
mas que faça lembrar do carinho,
que surge devagarzinho
da magia da união dos corpos, das auras..sei lá..
Lembrar do calor das mãos
acariciando as costas a dizer.. "estou aqui."
Lembrar do trançar dos braços envolventes
e seguros afirmando "estou com você"..
Lembrar da transfusão de forças
com a suavidade do momento ..sei lá..

abraço...abraço...abraço...
abraço...abraço..abraço...
abraço...abraço...abraço...
O que importa é a magia deste abraço!
A fusão de energia que harmoniza,
integra tudo, e que se traduz
no cosmo, no tempo e no espaço.
Só sei que agora deu vontade desse abraço!!
Que afaste toda e qualquer angústia.
Que desperte a lágrima da alegria,
e acalme o coração..
Que traduza a amizade,o amor e a emoção.
E para um abraço assim só pude pensar em você....
nessa sua energia,
nessa sua sensibilidade
que sabe entender o por quê...
dessa vontade desse abraço.
(Vinicius de Moraes)

Com carinho ...um longo abraço...
CarlosCarlos
(http://vagueando.blogs.sapo.pt/)
(mailto:c_m_a_n_u_e_l@hotmail.com)


De TrovadorPR (Macedo Junior) a 5 de Julho de 2007 às 06:38
Verifiquei que vc preserva os direitos autorais e por isto estou lhe parabenizando... E também pela página que é muito boa !
Mas gostaria de avisar que a autoria do poema abraço é deste Trovador e não do mestre Vinícius. Este poema está publicado na página www.trovadorpr.com/abraco.htm desde que foi criado.
Se possível gostaria que desse os devidos créditos ao poema.
Obrigado!
TrovadorPR


De Anónimo a 2 de Janeiro de 2006 às 00:08
amen. caraças! entrei no sítio errado...
com liçenssa!blackangel
(http://outrafacespelho.blogspot.com)
(mailto:allormh@iop.com)


De Anónimo a 1 de Janeiro de 2006 às 02:22
Bom anoacacio simoes
(http://atonito.blogspot.com/)
(mailto:acacio.luis.simoes@iol.pt)


De Anónimo a 1 de Janeiro de 2006 às 00:14
OBRIGADO E BOM 2006Pedro
(http:///)
(mailto:cabecadas1@gmail.com)


De Anónimo a 31 de Dezembro de 2005 às 21:04
Venha me beijar, meu doce vampiro
Oh, oh, na luz do luar
Ah, ah, venha sugar o calor de dentro do meu sangue vermelho

Tão vivo, tão eterno veneno
Que mata a sua sede e me bebe quente como um licor
Brindando a morte e fazendo amor

Meu doce vampiro, oh, oh, na luz do luar
Ah, ah, me acostumei com você sempre reclamando da vida
Me ferindo, me curando a ferida
Mas nada disso importa, vou abrir a porta prá você entrar
Beijar minha boca até me matar

Beijar minha boca até me matar de amor


apaixonada
(http://deusadoprazer.blogs.sapo.pt)
(mailto:apaixonada_1@sapo.pt)


De Anónimo a 31 de Dezembro de 2005 às 20:30
O teu blog só hoje "veio ter comigo" - ou só hoje vim ao teu encontro, na roda da vida. Olha, vai lá "chateá-Lo" - nas Conversas... - e encotrarás alguém com um sentido de humor deslumbrante e uma simplicidade desconcertante. Sentir-te-ás livre e leve, apenas "prêsa" pela compreensão de ti mesma e dos demais na liberdade de serem o que querem ser, sem deixares de ser quem és. E aprenderás o sorriso. Bom Ano de 2006!carlos
(http://http//)
(mailto:www.rebellocar@msn.com)


De Anónimo a 31 de Dezembro de 2005 às 17:45
Lê à vontade, com toda a calma do mundo!
Mas não o leias com uma intenção pré-concebida! Nem para te converteres ao que quer que seja!
Simplesmente para veres se há lá alguma coisa de novo que não saibas. Simplesmente isso!
Aproveito para te desejar:
Um Ano Novo com muita Paz e Amor!
Uma saudação aos céus, um brinde à vida, um grito à Alegria!Amaral
(http://amaralnascimento.blogspot.com)
(mailto:amaralnascimento@hotmail.com)


De Anónimo a 31 de Dezembro de 2005 às 13:57
Bom ano novo 2006...
Sou o Gaybriel do blog com o mesmmo nome!Nele escrevo "O silêncio dos meus sentidos..." passa por lá e deixa um pouco de ti! AbraçoGaybriel
(http://www.silenciosentido.blogs.sapo.pt)
(mailto:amor_amizade_1980@hotmail.com)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A ESTRELA !!!

Mas nem tudo são desgraça...

Pois..

Saudade...

ESTUPIDAAAAAAAA!!!!

20 anos

Beleza Pura

De Centauro a Sereia

ATÉ DEUS....

QUERO UM!!!!

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds