Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Segunda-feira, 10 de Setembro de 2007
...

E se eu conseguisse subir ao cume mais alto?

E  se eu, de alguma forma impensável e impossível, conseguisse chegar ao topo do mundo?

 

Será que alguém ouvia?

 

Um grito.

Apenas um.

Que me rasgasse a garganta e aliviasse o peito.

 

Sem razão, sem efeito, sem causa nem consequência.

 

Apenas um grito.

 

Uma descarga final de angustias, mágoas, abandonos, parvoíces, dores, desalentos…

 

Gritar tudo de uma vez.

 

E regressar ao comum dos mortais, em paz.

 

Serena. Plena.

 

Sem rancores inconfessáveis, marcas a ferro e fogo, medos quiçá infundados..

 

Pode ser que…

 

Quando chegar a minha hora, em estado de elevação final, a caminho do céu ou do inferno, eu consiga dar esse grito.

 

Nem é preciso.

Que alguém o oiça.

 


sinto-me: desanimada...

publicado por Fernanda às 15:55
link do post | comentar | favorito
|

10 comentários:
De carlos lopes a 10 de Setembro de 2007 às 20:05
Que aconteceu rapariga?
Por aqui, tu sabes que gostamos muito de ti.
Coragem e um xicoração bem grande.


De Helena Mendes a 12 de Setembro de 2007 às 01:54
Boa Noite Maria.

Sem querer meter-me na sua vida, penso o seguinte:

Se tem de gritar, grite. Só lhe fará bem. Guardar as coisas fará sentir-se pior.

Tudo de bom


De Mikas a 16 de Setembro de 2007 às 10:45
Beijos cheios de paz e alegria, gritar de vez em quando faz bem... muito bem


De aflores a 20 de Setembro de 2007 às 14:10
Grita à vontade rapariga;) mas com força para eu ouvir aqui no Norte:)))))

Beijinhos


De Amaral a 20 de Setembro de 2007 às 23:26
Nem é preciso que alguém o ouça. Um grito! Apenas um grito no silêncio dum caminho que não tem céu nem inferno...
Gritar purifica o peito, a garganta, o lado que pensa e decide.
Se no gritar descarregamos mágoas e dores do coração, gritemos para que o universo nos devolva aquilo que nos deixa na louca serenidade do ser...


De Nilson Barcelli a 22 de Setembro de 2007 às 23:06
Adorei este teu poema.
Estás a escrever como nunca.
Provavelmente estás a precisar de fugir da gaiola...
Bfs, beijinhos.


De * * * Grilinha * * * a 23 de Setembro de 2007 às 23:19
Calma amiga.

Abre a janela e grita a plenos pulmões.

Não é preciso ir ao topo do Mundo para o fazeres.

Eu grito sempre ue me apetece.

Quem não gostar que tape os ouvidos eheheh

beijinhos


De marceanovasconcelos@hotmail.com a 27 de Setembro de 2007 às 01:03
Alo Fernanda Dias
Tanta angustia.! Já lá estive, no topo. Isso mesmo. Saí dele. Ninguém nos ouve., aqui E saí de lá antes de perceber que seria menos bom, diz-se!!. Tive de saír dele. Sabe porquê? Porque nestes pobres países, embora europeus, a inveja mata e destrói. Fernandda Dias, a vida é demasiado curta e o "próximo" não nos deixa viver em paz. Sendo ppd, anarca controlado, dei aos outros e não souberam agarra ro que "odiaram". Para que se sinta melhor, se puder ajudar, nos afectos às vezes também é assim. A paz mental vale muito. E vive-se bem no meio dela. Descer às vezes, é valiosíssimo: o ski!!!
Senti necessidade de lhe dizer tal. Cumprimentos


De Alexandre a 2 de Outubro de 2007 às 21:08
Bora aí...


De Fernanda Maria a 4 de Outubro de 2007 às 10:52
Amiga, vou chamá-la assim pois além de partilharmos o mesmo nome partilhamos a espondilite anquilosante, li este seu poema e comovi-me tanto porque as suas palavras são as minhas palavras, só quem sofre como nós dores físicas que nos
destroem a alma compreende plenamente como se sente.
Só gostaria de pelo menos um dia «voar»para fora do meu corpo, libertar-me destas dores que me amarram e não me deixam sonhar.Espero falar mais vezes consigo vou dar-lhe o meu email,
para quem sabe gritarmos juntas. Beijos


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A ESTRELA !!!

Mas nem tudo são desgraça...

Pois..

Saudade...

ESTUPIDAAAAAAAA!!!!

20 anos

Beleza Pura

De Centauro a Sereia

ATÉ DEUS....

QUERO UM!!!!

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds