Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Segunda-feira, 11 de Outubro de 2004
O poder do riso

Quando passo pelos vossos blogs e comento com um “agora fizeste-me rir!”, depois de publicar penso sempre PRONTO! JÁ FIZ ASNEIRA!


Porque tenho medo que fiquem a pensar que vos estou a considerar “palhaços”, ou a rir-me gratuitamente das vossas palavras, gozando com o vosso estado de espírito.


Ou então, quando respondo aos vossos emails com um: ”Fartei-me de rir com as tuas palavras… ou fotos….”, fico com a mesmo impressão desconfortável de que não me entendam.


 Portanto, vamos lá esclarecer, please…


Considero que o riso é a mais honesta das emoções. É a mais pueril, sincera e pura das manifestações humanas.


 Podemos até deixar cair umas lágrimas de crocodilo para impressionar, ou abrir o rosto num esgar de sorriso amarelo, mas a gargalhada não dá para fingir. Podemos fingir um orgasmo, mas não o bom humor!


 Portanto, quando digo que me fizeram rir, estou a agradecer por essa dávida maravilhosa que é o riso, explodido na mais sincera gargalhada. Com excepção da hiena, que os entendidos dizem que não ri, apenas parece, não conheço mais nenhum animal que o faça.


 Penso até que o riso é uma das poucas coisas que nos fazem humanos. Gosto muito de humoristas. Dos mais ordinários aos mais elaborados, todos me fazem rir. Com excepção do Fernando Rocha, porque não percebo o que ele diz… Adoro banda desenhada bem humorada, caricaturas (olá Zé Oliveira !) e dou o que quiserem por uma boa anedota.


 Aliás, muitos de vocês têm o bom costume de me mandarem gargalhadas por mail, o que lhes agradeço do fundo do coração.


Portanto, sempre que vos comentar ou “emailar” a rir, saibam que o faço com amizade, agradecendo a luz que fazem entrar na minha cinzentinha vida.


A propósito de vida… Espero que a vossa ande melhor que a minha.


Beijo grande



publicado por Fernanda às 18:36
link do post | comentar | favorito
|

19 comentários:
De Anónimo a 13 de Outubro de 2004 às 14:28
Eu por acaso já tive comentarios desses no meu blog, alguns vindos de ti, e posso-te dizer que gostei de todos eles.
É bom saber que qdo se coloca um post, pode-se ter esse efeito em alguem...ri-te de tudo o que gostares no meu blog....agradeço-te...
Albatroz2
(http://100stress.blogs.sapo.pt)
(mailto:albatroz5@hotmail.com)


De Anónimo a 13 de Outubro de 2004 às 13:41
Rir é o melhor remédio, Fernanda! E se te fizeram rir com gosto, porque não dizê-lo? Quem me dera poder fazer-te rir! Beijinhos!***AnaP
(http://www.100tretas.blogspot.com)
(mailto:patupi@hotmail.com)


De Anónimo a 13 de Outubro de 2004 às 10:56
Pois, minha cara... A tua vida não sei, mas a minha anda complicada de tempo!

Por isso tenho passado por aqui pouco. Mas vejo que continuas em forma! :)

Quanto ao teu riso, podes continuar a deixá-lo nos nossos comentários que nós gostamos! :)

Beijo!Orelhas Quentes
(http://orelhasquentes.blogs.sapo.pt)
(mailto:orelhas.quentes@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Outubro de 2004 às 23:17
Querida Fernanda... rir é do melhor que podemos fazer na vida. Acho que não há nada mais saboroso que partilharmos uma boa gargalhada, e eu adorava ouvir uma gargalhada tua, embora as imagine muitas vezes. Um beijo imenso.Gilda
(http://tardedemais.blogspot.com)
(mailto:gseomara@hotmail.com)


De Anónimo a 12 de Outubro de 2004 às 23:11
Fernanda?! será a mesma que tanto procuro(e que ali o Almaro, abençoado seja! descreveu, Maria?!)Se és... e com estes textos és tu, sim! Tou tão contente! reencontrei-te (escrevi-te um mail!)
Olha um beijinho e ri-te rapariga e ..adoro este teu jeito de escrever e contar...espero não te ofender se sentires alguma vez...diz...eu sou aqui como sou...e parece-me que tu tb! Um grande abraço! seila
(http://intervalos.blogspot.com)
(mailto:feet1@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Outubro de 2004 às 22:51
Por uma e mais de milhão de razões obrigado pelo riso e, ainda mais, pelo sorriso.alexandre
(http://gregueria.blogspot.com)
(mailto:abentodesousa@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Outubro de 2004 às 22:50
Doces gargalhadas.
BeijosSara(vert)
(http://www.estrelavertiginosa.blogspot.com/)
(mailto:svizinho@hotmail.com)


De Anónimo a 12 de Outubro de 2004 às 14:20
Ri-te rapariga, ri-te que tristezas não pagam dívidas e se de algum modo ppuder contribuir para o teu riso, mais sorridente fico... um beijo!garanho
(http://cogitando.blogs.sapo.pt)
(mailto:garanho@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Outubro de 2004 às 14:12
A minha avó costumava dizer-me: enquanto rimos não envelhecemos... pedevento
(http://pedevento.blogs.sapo.pt)
(mailto:mardapalha@sapo.pt)


De Anónimo a 12 de Outubro de 2004 às 14:11
o riso tambem é para mim uma benção. Quando era miuda e perguntavam o que gostava num homem eu dizia para alem daquelas coisas q todas dizemos, que tinha que me fazer rir. Porque rir sabe bem, faz bem á alma. Alguns de voçês ainda me fazem rir. Tu fazes-me rir muitas vezes. um beijinho.p.s- e tantas vezes das-me que pensar.myryan
(http://outrademim.blogs.sapo.pt/)
(mailto:mccr3@sapo.pt)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A ESTRELA !!!

Mas nem tudo são desgraça...

Pois..

Saudade...

ESTUPIDAAAAAAAA!!!!

20 anos

Beleza Pura

De Centauro a Sereia

ATÉ DEUS....

QUERO UM!!!!

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds