Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Segunda-feira, 18 de Outubro de 2004
Post de 6ª feira passada - PIMBA!!

 Uma coisa que detesto é chegar a casa, poisar mala e filhos, despir-me e tirar sapatos, começar a fazer o jantar e.. Descobrir que falta algo essencial.


Desde que mudei de casa não tenho vizinhos a quem ir pedir um ramito de salsa ou uma chávena de concentrado de tomate (que saudades tenho tuas, Aidinha do 1º andar!).


 Portanto, nada mais que resta do que voltar a vestir-me e calçar os sapatos, meter-me no carro e ir ao supermercado. Sim, na aldeia onde moro até há mercearias, mas como nunca ando com dinheiro e elas não têm MB, nada feito. Quando isto acontece, dá logo azo a discussão entre os meus filhos. Porque querem ir os dois comigo, mas só pode ir um para o outro ficar a tomar conta do bébé. Normalmente tiram à sorte.


 Ontem, quem foi comigo foi a Cáti.


A noite já estava a cair. Saímos o portão, estrada abaixo, música bem alta como gostamos, entramos no cruzamento à maluca, e botámos as rodinhas na estrada principal, nenhum carro à frente, nenhum carro atrás como eu gosto… Aquele troço do caminho é surreal, ainda por cima ao fim do dia… A ponte, a vista da serra com os prédios muuito lá ao fundo, os moinhos gigantes a girar...


 “Lá vamos nós a caminho do infinito” – disse eu como é costume


“É mãe, até dá vontade de voar!” – respondeu ela


“E se nós…..”


“Fugíssemos?”


 “Íamos até ao fim do mundo…”


“Sem bébé, sem Carlos e sem pai… COOL”


 “As duas pra borga!”


 “Nunca mais ninguém nos via!”


 “Tamos mesmo doidas! Tu não aguentavas as saudades dos manos..”


“Pois é. Temos de deixar isso para outro dia”


 “Vamos comprar o quê ao Feira Nova?”


 “Sei lá, já nem me lembro”


 Enchemos o carrinho de compras com coisas perfeitamente adiáveis (NÃO DESNECESSÁRIAS) e fizemos o caminho de regresso.


 “Sabes o que era perfeito agora, filha?”


“Tocar uma músicas daquelas kotas e fatelas que tu adoras porque te fazem retornar à juventude?”


 “Sim. Muda aí para o RCP”


“Esta não gostas, é do século do pai”


 “Muda para a RFM pode ser que tenha mais sorte”


 E ela mudou. E ao jeito de pequenos milagrinhos ridículos e inocentes que nos põem absurdamente de bem com a vida, começou a tocar uma música, naquele instante… “OH mãe..”


 “CALA-TE! Não acredito!!! QUE ARREPIO!!”


“Pronto, tá bem..”


 A música que estava a tocar, não a ouvia há anos.


 É das poucas que não “ligo” a ninguém nem a nenhum acontecimento da minha vida. Que gosto (MUITO) só por gostar, que me faz viajar e arrepiar até à alma desde a primeira vez que a ouvi.


 Quando acabou, estava ainda deliciada com os últimos acordes ainda a ecoar cá dentro, sabem qual o comentário que a minha filha fez?


“OH MÃE – QUE PIMBA!!!!”


 PIMBA!!!!


Uma das minhas músicas preferidas de todos os tempos, PIMBA!!! Eu que até me orgulho de ter os mesmos gostos musicais dos meus filhos, que levo com a Rádio Cidade o dia todo, que até sei (à força) que os BLUE não são BLUES e que as SUGABABES não são SUGARBABIES, que adoro os ERVILHAS DE OLHO NEGRO (Black Eye Peas) e o seu STARTED, sou acusada pela minha princesa de amar uma canção PIMBA.


Nem vos conto o que lhe respondi. Espero que o choque de gerações entre nós não vá mais longe! E sim , nas compras não vinha o que precisava para fazer o jantar. E sim, o bébé tinha a fralda suja e o Carlinhos já gania por termos demorado tanto tempo.


Mas cá dentro, de mansinho, ainda ecoavam os últimos acordes do “Africa” dos Toto.


 Conhecem?



publicado por Fernanda às 15:51
link do post | comentar | favorito
|

19 comentários:
De Anónimo a 25 de Outubro de 2004 às 12:07
Só te vou dizer que a musica é demais. Adoro-a. Pode ser pimba ou o que seja mas eu adoro-a.
http://criticadonortecarago.blogs.sapo.ptCritica do Norte
(http://criticadonortecarago.blogs.sapo.pt)
(mailto:net09_2001@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 01:27
Mau, mau era teres-te esquecidode comprar fraldas para o bebé, se não tivesses em casa. :) Qto à música, não sei se conheço ou não. VOu averiguar.
http://sunshine.blogs.sapo.pt
http://pequenitos.blogs.sapo.ptSílvia
(http://sunshine.blogs.sapo.pt)
(mailto:silviaspt@sapo.pt)


De Anónimo a 20 de Outubro de 2004 às 13:58
Essa musica que tanto gostaste, eu tenho-a em MP3, se quiseres, posso-te enviar.
Diz-me apenas como para o mail.Albatroz2
(http://100stress.blogs.sapo.pt)
(mailto:albatroz5@hotmail.com)


De Anónimo a 20 de Outubro de 2004 às 11:16
Essa música é linda. Mas não podemos censurá-los por não saberem apreciar. Podemos é ir tentando educar-lhes o ouvido e a seu tempo eles acabam por descobrir que a música é intemporal, não segue modas, ou é boa, ou é má, ou se gosta, ou não se gosta, ou nos transmite algo, ou não nos transmite. Não sou mãe, mas sou professora, por isso percebo.pauxana
(http://dasletras.blogs.sapo.pt)
(mailto:pauxana@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 22:04
Conheço. E adoro! :)) A forma bonita como descreveste a conversa com a tua filha deixou-me com um grande sorriso. Beijo grande :) Carla
(http://papoilasdoces.blogs.sapo.pt)
(mailto:cferreirapedro@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 19:57
hehehe, esta mulher é demais!! Ainda bem que nao ando pelas tuas bandas, se não corrias comigo à biqueirada!! eheheheRato
(http://www.prisioneirodonada.blogs.sapo.pt)
(mailto:medio_centro@hotmail.com)


De Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 14:36
Este quadro parece-me familiar...às vezes também me apetece fugir......eta vida danada.....inconfidente
(http://inconfidencias.blogs.sapo.pt)
(mailto:inconfidencias@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 14:28
Eu cá estava mais voltado para o Rock Sinfónico e Progressivo como antes eram conhecidos. Exemplos [...] (Tangerine Dream), (Emerson Lake & Palmer), (Van der Graft Generator), (Van der Linden), eu sei lá mais quantos ..... Mas em relação aos Toto, népias, não conheço porque nunca tive ligado nessa onda. No entanto admiro a tua perspicácia na escrita, tens dom. Aproveita-o. Beijocas ternas e saúde para ti e para os teus que bem merecem.Mentis
(http://casual.blogs.sapo.pt)
(mailto:amiljitsu@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 13:53
Não conheço, se calhar sou de um século mais antigo :) Mas as novas gerações começam cedo a definir os seus gostos. É bom, por um lado (para a auto-estima e a personalidade). Pena que isso seja feito com uma quase exclusiva orientação: o mercado! (a publicidade encarrega-se de 'ajudar' a definir esses gostos). Estou quase a dizer... 'no meu tempo...'.willnow
(http://www.indolentia.blogs.sapo.pt)
(mailto:willnow@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Outubro de 2004 às 09:53
Epá fiquei pasmo, quem são esses gajos ."ERVILHAS DE OLHO NEGRO" não os conheço, na volta sou Cota e não reparei.. ??? L.M
(http://luismiguel.blogs.sapo.pt)
(mailto:luismiguel.a@sapo.pt)


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A ESTRELA !!!

Mas nem tudo são desgraça...

Pois..

Saudade...

ESTUPIDAAAAAAAA!!!!

20 anos

Beleza Pura

De Centauro a Sereia

ATÉ DEUS....

QUERO UM!!!!

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds