Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Quarta-feira, 20 de Outubro de 2004
Deus e Adeus

É incrível. Como a vida pode mudar de um momento para o outro.


Estamos bem, ficamos mal. Estamos mal e a coisa melhora. Estamos tesos, e aparece dinheiro. Temos dinheiro, e aparecem despesas imprevistas. Vamos calmamente na estrada, e algum maluco nos bate. Estamos doentes, e acertamos com o médico. Estamos infelizes, e o sol aparece em Verão de S. Martinho. Vamos para a praia e desaba uma tempestade.


Já perceberam a ideia, não é?


 Neste momento, apesar de algumas nuvens no horizonte, não me apetece ter medo.


Nem sofrer por antecipação.


 Naquela mesmo do “um dia de cada vez” como os alcoólatras e afins.


Os problemas de hoje estão resolvidos. As alegrias, chegaram para um dia semi-cinzento…


Não sei rezar, mas hoje ao deitar acho que vou lançar Lá para cima um


-“obrigado, Pá, o dia passou-se bem”


 Estou sujeita a ouvir um:


 - “Deves pensar, pequena, que não tenho mais nada que fazer que olhar para o teu umbigo, não?”


- “Eu sei, ó Deus. Até andas distraído, deves estar farto dos Homens, e deixaste-os por sua conta e risco. E quem sou eu para te criticar!”


 - “Acho bem, pequena. Ouvi-te por acaso, estava aqui a folhear o Jornal de Noticias do Além, e pareceu-me ouvir um zumbido de melga do inferno. Afinal eras tu a bichanar…”


- “Desculpa lá ó Gajo Mor se te incomodei…”


- “Não incomodas nada. A não ser quando desatas a pedir isto e aquilo, como se eu fosse o Pai Natal!”


- “ Se tu fosses o Pai Natal eu era uma cara-de-rena”…


- “eheheh…. “


- “Tas a rir-te de mim? Obrigadinha…”


- “Ando com o humor tão fraco que até tu me fazes rir…”


 - “Não é fácil ser Deus, não é?”


 - “É tão difícil como ser humano…”


- “Pois é… temos de ir levando um dia de cada vez..”


 - “ Pois é…. Agora tenho de ir”


- “Muito trabalho?”


 - “Estão à minha espera numa conferencia de imprensa de anjos”


- “Algum problema grave? Posso ajudar?”


 - “Até podes…. Convoca uma assembleia de diabos, para nós podermos estar sossegados a discutir umas coisas, sem ninguém a escutar atrás da porta.


 -“Lamento, mas acho que não Te posso ajudar. Para diaba, já basto eu…


 - “Fica para outra vez. Porta-te bem..”


 -“Que remédio! “


-“Lá tá ela a queixar-se… Vou bazar daqui que não há deus que aguente tanta choraminguice.


 FUI!”



publicado por Fernanda às 19:04
link do post | comentar | favorito
|

15 comentários:
De Anónimo a 25 de Outubro de 2004 às 11:56
Tens uma conversas com o todo poderoso do melhor... Não sabia que ele era tão terra-à-terra... ehheeh
http://criticadonortecarago.blogs.sapo.ptCritica do Norte
(http://criticadonortecarago.blogs.sapo.pt)
(mailto:net09_2001@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 11:51
eu também não sei rezar, mas falo com Ele todos os dias...
nem sempre estamos de bom humor, nem a ouvir-nos em sintonia, mas não me lembro de terminar uma conversa sem um sorriso, de ambos. Julgo...almaro
(http://aguarelasescritas.blogspot.com)
(mailto:almaro@iol.pt)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 10:55
é precisamente por viver um dia de cada vez que os alcoólatras e afins são mais felizes e despreocupados...ou não!! ok, vamos ficar pela dúvida e não queiramos nós tirar a "prova dos nove".
Fernanda, se o "Big-Boss" Todo Poderoso te conseguir ajudar, diz-lhe que quando tiver 1 minutito livre que passe pelo Basculhando pq acho que me fazia bem ter uma conversa com ele!!
:D
Fica bem!MarkKo
(http://olhapramim.blogs.sapo.pt)
(mailto:m.a.f.s@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 10:44
olá fernanda,
como podes tu por em palavras as minhas palavras...é mesmo assim a vida, não vale a pena sofrer por antecipação, dias bons e maus vão se alternando...é mesmo assim bjs miuda
sofiasofialisboa
(http://serapenasmulher.blog.sapo.pt)
(mailto:sofialisboa@hotmail.com)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 10:39
diabinha tu és......bem vinda ao maior clube portugues.........o deste minuto.....:)maria
</a>
(mailto:maria40@yahoo.com)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 04:28
Denotei um entusiasmo diferente nas palavras. Quando o bom humor vem, estamos no bom caminho :) Beijo grande!Carla
(http://papoilasdoces.blogs.sapo.pt/)
(mailto:cferreirapedro@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 02:34
É pena eu n acreditar em Deus :po rapaz que pensav que o mundo era redondo
(http://oblogdorapaz.blogs.sapo.pt)
(mailto:m@pt.pt)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 01:47
Esqueci-me de te dizer: Se quiseres desiludir-te com o frontespício desta carcaça, dá um salto à Amadora no próximo sábado. Ou Domingo. No "Buraco da Fechadura" encontras pistas para saberes onde-a-que-horas ando. E podemos trocar nºs de telemóvel pelo e-mail, para facilitar.
ZéZé Oliveira
(http://zeOliveira.blogs.sapo.pt)
(mailto:o-oliveiradaserra@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 01:40
PoiZé, poiZé, não estás sozinha.
(Não me refiro ao "teu" deus, refiro-me a mim).
Continuo a carregar a cruz, feito um cristo. A cruz da incerteza. Como tu, não é? A gente cá se entende.
A vida com um sorriso vai melhor.
ZéZé Oliveira
(http://zeOliveira.blogs.sapo.pt)
(mailto:o-oliveiradaserra@sapo.pt)


De Anónimo a 21 de Outubro de 2004 às 01:22
Adorei a conversa! Afinal Deus é só mais um de nós!
http://sunshine.blogs.sapo.pt
http://pequenitos.blogs.sapo.ptS
(http://sunshine.blogs.sapo.pt)
(mailto:s@s.pt)


Comentar post