Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Quinta-feira, 21 de Outubro de 2004
Ai se eu vos contasse...

Ai se eu vos contasse o que me vai pela cabeça….. Se eu vos dissesse as mil loucuras que me passam pela tola…


 Este raio da minha imaginação (às vezes tão real, a desgraçada), prega-me cada partida….


 Imaginem que ontem, estava a fazer o jantar...


Esclareço que quando faço uma coisa que me aborrece, como cozinhar, passar actas, arquivar papeis, passar a ferro, enfim, essas coisas maquinais que nada exigem da inquieta criatividade, o meu espírito põe-se a voar….


E ontem estava a fazer o jantar, que como sempre saiu uma grande porcaria (para os interessados, costeletas de porco com esparguete e molho de limão e sopa de agrião. Até rima!), comecei a escrever em pensamento. Linha por linha, ideia por ideia. Até diálogos criei.


Descascando as batatas e aquela coisada toda, ía fazendo maneios de cabeça e trejeitos de boca, e dando gargalhadas surdas, como se alguns de vocês ali estivessem a dialogar comigo.


 E não é que dei umas valentes gargalhadas com a Aragana para começar, umas marradinhas na Inconformada, um dedo de prosa delicioso com a Myryam, passei a pimenta na língua com os Inconfidente, esclareci o Luís Miguel, troquei umas teologias com o Rapaz , fiz um milhão de perguntas à MulherGorduxa, dei pulos de contente pelas boas noticias do Zé Oliveira, pus gelo quente no ombro do Almaro, e depois de apertar a bochecha do Wish, comi uma francesinha deliciosa com o Aflores,….


 E enquanto arranjava os agriões..


 Apareceu-me a Sílvia para beber um café, e trazia a Elsa e a Ana P. super bem dispostas. E quando apareceu a Saltapocinhas, fizemos uma festa!


Entretanto, telefonou o Tecpalt e o Arlequim a perguntar se podiam aparecer… Fui arranjar um lanche melhorado, porque a Luciana avisou que estava a chegar, dando boleia à Borboleta. Juntando a isto um grande PedeVento sempre bem vindo, ainda arranjei tempo para puxar umas Orelhas Quentes com carinho, fazer o prato favorito do Wiilnow e do José Sócrates, dar um colinho à Renada, e um grande abraço na Gilda.


 Assim que pus as costeletas a fritar, tocou o telefone de novo… O barulho era muito, mas consegui perceber que o Markko se tinha perdido no caminho, pelo que pedi ao Albatroz que o fosse buscar ao cruzamento, onde encontraram o SpeakEasy a falar ao desbarato e o trouxeram também.


 Ficámos todos tão felizes, que até o SeiLá já sabia que sim e a Maria pulava de contente. Quando a Lique me avisou que a sopa se estava a queimar, pedi à Pimentinha que apagasse o lume, enquanto eu ía abrir o portão ao Carlos, que chegou estafado de tanto correr…


E quando o Mentis apareceu com o seu portátil a tiracolo, e pela mão trazia a Angel livre de pesadelos, dando noticias do Armando que andava desaparecido, bem….


A festa foi total!!!


 Acordei desta ilusão maravilhosa, com uma gargalhada dos meus filhos…


“Então, badoschinha, tas-te a passar? Já falas sozinha e ris à parva?” – Diz ele


“Estava a sonhar acordada.. Porquê, não posso?” - Respondi


 “eheheh… podes, tás à vontade, mummy…” – Diz ela


“Acho bem! Apaga mas é o lume que ainda se queima tudo, please…” - Respondi


“Tavas a sonhar com quê?” – Pergunta ela


 “Cáti, és mesmo parva, só podia estar a sonhar com os gajos dos blogs” – Responde ele


 “Oh Carlos, e com as gajas também que a mãe também tem amigas, não são só amigos! “ – Riposta ela em minha defesa


 “OH meninos, mas que palavreado é esse? Vamos mas é jantar, senão além de queimado, ainda fica tudo frio!!”




publicado por Fernanda às 17:22
link do post | comentar | favorito
|

25 comentários:
De Anónimo a 26 de Outubro de 2004 às 20:44
Tu não existes minha querida :-)
Beijoinconformada
</a>
(mailto:inconformada@sapo.pt)


De Anónimo a 26 de Outubro de 2004 às 13:41
Também já pensei fazer um texto deste tipo, agora já não preciso de pensar mais nisso. Isto deu-me muita vontade conhecer esta gente toda. Devia ser tão giro fazer uma festa destas. E que prato era esse que cozinhavas? É que de repente não estou bem a ver qual é. Bjs grandes.corrupto
(http://corrupto.blogs.sapo.pt)
(mailto:josesocrates@sapo.pt)


De Anónimo a 26 de Outubro de 2004 às 13:36
Só foi pena foi a cerveja ter acabado....!!!! mas olha que não fiquei totalmente esclarecido, beijocas e obrigado pelo conviteL.M
(http://luismiguel.blogs.sapo.pt)
(mailto:luismiguel.a@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2004 às 11:51
Pois é, fiquei à porta e ninguem me convidou a entrar... Fiquei triste muito triste...
http://criticadonortecarago.blogs.sapo.ptCritica do Norte
(http://criticadonortecarago.blogs.sapo.pt)
(mailto:net09_2001@sapo.pt)


De Anónimo a 25 de Outubro de 2004 às 01:27
A festa foi um êxito por causa da minha mousse de chocolate... todos comeram e adoraram!
Um dia destes publico a minha exclusiva receita na bruxinha!saltapocinhas
(http://fabulas1.blogspot.com)
(mailto:mapsl@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Outubro de 2004 às 19:04
Estou prontíssima pra responder ao milhão de perguntas que tens pra me fazer. Adorei o texto. Por vezes tb me imagino a falar com alguns de vocês.
Esse sonho parece ter sido um sonho e peras ;)
Bjs mulhergorduxa
(http://diariodemulher.blogspot.com)
(mailto:annp@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Outubro de 2004 às 15:17
Que animação Fernanda, gostei de te ver com essa moral para cima!! Fico feliz por ter participado dessa festa!! Voos docesBorboleta
(http://devaneiosconstantes.blogs.sapo.pt)
(mailto:devaneiosconstantes@sapo.pt)


De Anónimo a 22 de Outubro de 2004 às 14:54
foi giro foi....ainda estou a rir das gargalhadas de ontem, temos de repetir......maria
</a>
(mailto:maria40@yahoo.com)


De Anónimo a 22 de Outubro de 2004 às 13:07
Ó linda ! E eu que preciso tanto de colinho agora... Adoro-te Mulher ! Um grande, grande beijinho.Renada
(http://itsamadlife.blogs.sapo.pt/)
(mailto:renada2001pt@yahoo.com)


De Anónimo a 22 de Outubro de 2004 às 12:59
adorei a festa!! só tinha um senao!! eu SOU UMA ARLEQUIM!! lololol
beijinho arlequim
(http://carlequim.blogs.sapo.pt)
(mailto:arlequim@sapo.pt)


Comentar post