Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Quinta-feira, 4 de Novembro de 2004
Rótulos

Ninguém gosta de rótulos, será?


 As coisas que me foram chamando, com alguma insistência, ao longo da vida, ficaram marcadas cá dentro. Umas a bem, outras a mal.


 Portanto, e à laia de aviso, aqui ficam os mimos que me foram granjeando ao longo da vida:


  Caixa de óculos – que se compreende pois uso-os desde os 7 anos…


 Escadote – esta veio dos rapazes, todos mais baixos que eu na escola…


 Marrona – perdi este quando entrei para a faculdade e me estendi ao comprido…


 Inconstante – perfeitamente aceitável, pois nem o mesmo shampoo consigo usar duas vezes..


 Leviana – ai o rol de corações partidos…


  Impaciente – ninguém gosta de esperar…


 Excessiva – este ainda me dói.


  Teatral – aceito, muito drama e muita comédia e tendência para novela mexicana…


 Indisciplinada – justo e muito verdadeiro..


  Desastrada – passei esta à minha filha, somos o máximo a tropeçar e a deixar cair coisas, daquelas que se partem…


 Imprevisível – pois é, nunca sei para que lado acordo..


 Instável – da mesma família de anteriores..


  Caprichosa – aguentem-se!


  Hiper-sensível – é defeito de fabrico..


  Exagerada – pois é, sinto tudo na ponta da unha (que roo até ao sabugo) e as pequenas coisas são mais importantes que as grandes…


Podia acrescentar mais um rol a esta lista, mas não vos quero cansar…


Quero apenas dizer que, em termos de “elogios”, nunca recebi tantos como agora.


Tenho pena de não ter descoberto a net mais cedo, tudo teria sido mais fácil. Se dos defeitos não me consigo livrar (burra velha não aprende línguas, ai pois não!) tenho conseguido alimentar a minha sub-nutrida auto-estima, com as palavras amigas que tenho recebido da vossa parte.


 E nunca pus em dúvida a sinceridade com que elas são “proferidas” porque aqui não há interesses dúbios, nada nos liga a não ser os sentimentos e as emoções que vamos partilhando, nada temos a perder em sermos sinceros, apenas ganhamos vida e esperança num mundito melhor.


 Movido por mais que a ganância, o dinheiro, o despudurado aproveitamento do mais fraco pelo mais forte, enfim, todas aquelas coisas da realidade que nos fazem arrepiar a alma de desagrado e horror.


 Agora deixa-me ir trabalhar que esta semana mais curta um dia, acrescentou uma pilha de papeis inesperada ao meu cesto dos pendentes…


 Beijo grande



publicado por Fernanda às 14:03
link do post | comentar | favorito
|

19 comentários:
De Anónimo a 5 de Novembro de 2004 às 13:41
É bom receber elogios, linda! E aqui vai mais um:
- meiga.
Beijos***AnaP
(http://www.100tretas.blogspot.com)
(mailto:apatupi@hotmail.com)


De Anónimo a 5 de Novembro de 2004 às 12:38
Oh querida, queres tu ver que ainda somos aparentadas?? A julgar pela quantidade de qualidades (vamos ver isto pela positiva) que tenho em comum contigo! Esquece lá isso, ou não, conforme te apetecer (para que lado acordaste hoje?). Tu és tu e és única. Todos somos únicos, mas, não sei porquê, acho sempre que tu és mais. Pela total veracidade e sinceridade. Baba-te lá, vá! :)) Beijinhoslique
(http://mulher50a60.weblog.com.pt)
(mailto:lique2@sapo.pt)


De Anónimo a 5 de Novembro de 2004 às 09:35
Se nos rotulam de algo é sinal que chamámos à atenção de alguém, houve alguém que reparou em nós.
"Dói menos uma palavra fria do que o silêncio da tua voz"
;)
Fica bemMarkKo
(http://olhapramim.blogs.sapo.pt)
(mailto:m.a.f.s@sapo.pt)


De Anónimo a 5 de Novembro de 2004 às 08:13
E eu a pensar que tinha muitos...pedevento
(http://pedevento.blogs.sapo.pt)
(mailto:mardapalha@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2004 às 21:06
Que chatice! Perdi o dicionário de adjectivos!alexandre
(http://gregueria.blogspot.com)
(mailto:abentodesousa@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2004 às 20:38
a vida é mesmo assim.Cheia de rotulos.Bjs MariaMaria
</a>
(mailto:joanadarq@hotmail.com)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2004 às 19:32
post giro e original... como tu imagino:)cupulabandonada
</a>
(mailto:cf@sapo.pt)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2004 às 19:14
Bem...também tenho a maioria desses rótulos, tirando que em vez de "escadote" sou "mini"...e duvido que deixe de ser "marrona" na faculdade...
Que maneira mais bem humorada de revelar estes mimos que decididem atribuir-nos!
BeijinhosVera
(http://ummundomeu.blogspot.com)
(mailto:vera_duarte@netcabo.pt)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2004 às 18:26
Epítetos e mais epítetos...
Tens cá uma colecção!...
Tens ar de que te ficam bem!casepagam
(http://www.casepagam.blogs.sapo.pt)
(mailto:a.resende@mail.pt)


De Anónimo a 4 de Novembro de 2004 às 17:34
bem... fiquei triste... é que dos meus (também) muitos rótulos" faz parte um que não aparece nos teus: TEIMOSA!! (sou sim senhora!!! e porque normalmente tenho razão...eheheheh) um beijo enorme. Linda... 'tá aqui um tempo magnífico... ;-) Elsa
(http://delirios2004.blogs.sapo.pt)
(mailto:elsa_aguiar2001@sapo.pt)


Comentar post