Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Terça-feira, 16 de Novembro de 2004
PRIMEIROS PASSOS..
Hoje aconteceu…. Que </p>

O MEU BÉBÉ COMEÇOU A ANDAR SOZINHO!!!!


 E a ama dele conseguiu filmar tudo. Aqui estou eu derretida, a chorar baba e ranho, a ver o cd com os primeiros passos do meu Alexandre!!!!


 Com um nózinho na alma por não ter podido assistir ao vivo… Um nozão.


Meu filho amado…


Meu grande Amor….


Não sei porque escolheste a minha barriga para vir a este mundo…


 Andavas tão feliz Lá em cima, a pular de nuvem em nuvem, de mão dada com todos os bebés que estão por nascer…


 E de repente, decidiste honrar-me com a tua vinda…


Não foi nada fácil gerar-te e fazer-te nascer, mas sinto um orgulho enorme por, mesmo assim, estares cá, cheio de vida e saúde… Só nós sabemos como foi difícil… Mas valeu a pena!


 Tornámo-nos companheiros inseparáveis, há quem nos chame “o par DO ANO"..

Sei que não percebes porque não posso estar sempre ao pé de ti… Nem sonhas como me dói passar o dia longe de ti, só te ver um bocadinho à hora de almoço, e ir-te buscar tão tarde.


 Mas também sei que tivemos muita sorte em encontrar a tua ama, que te cuida tão bem como eu, e toda a sua família que gira à tua volta dia após dia…


Encontraste na mãe-Judite, nos seus filhos, marido e pais um segundo lar, que eu não vou deixar que esqueças quando os anos passarem! Como eu nunca os esquecerei!


E foi pelas mãos da mãe-Judite e da avó-Claudina que ganhaste coragem para dares os teus primeiros passos. Deixaste de lado o medo e a insegurança que te têm tolhido, e começaste a andar e a correr sem medo pelo quintal…


E eu, aqui, a ver-te neste ecran…


Meu amor.


 Que todos os passos da tua vidinha te conduzam à felicidade.


Que eu possa estar ao teu lado enquanto de mim precisares. Para te cuidar, te proteger, te formar pessoa, te ensinar a ser um ser humano sensível, atento e empenhado.


Uma coisa te prometo:


 Neste meu viver de um-dia-de-cada-vez, os próximos anos serão dedicados a te ajudar a aprender e a encontrar o teu lugar neste mundo.


Este mundo que não é grande coisa, mas farei o meu melhor.


E não te deixarei perder a tua infância.


Serás CRIANÇA o tempo que precisares!



publicado por Fernanda às 16:59
link do post | comentar | favorito
|

17 comentários:
De Anónimo a 21 de Novembro de 2004 às 18:55
De certeza que o teu filho é um filho babado por ter uma mãe como tu! =) beijosgiraflor
(http://europemaphaldas.blogs.sapo.pt)
(mailto:mafalda_flores@hotmail.com)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2004 às 22:06
ternura!!myryan
</a>
(mailto:myryan@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2004 às 16:56
Bem... Um dia bem especial, este. Beijo de parabéns!Orelhas Quentes
(http://orelhasquentes.blogs.sapo.pt)
(mailto:orelhas.quentes@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2004 às 15:39
Parabéns á Mamusca e ao Filhusco tb! Realmente é uma fase muito emocionante!Luciana
(http://www.tribaglobal.blogs.sapo.pt)
(mailto:lucianarmluciana@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2004 às 13:45
Parabens a mama babada e principalmente ao filhote quido tudo de bom para os dois camaleoa
</a>
(mailto:camaleoa_ruiva@hotmail.com)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2004 às 11:40
Nunca vais esquecer esse e muitos outros dias. Porque os filhos são um pedaço de nós. E tu, nesse teu jeito de mulher de armas, deves ser uma mãe e tanto. Beijos para ti e para o filhote.lique
(http://mulher50a60.weblog.com.pt)
(mailto:lique2@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2004 às 11:31
Vinha aqui dar-te os bons dias mas já percebi que não é preciso. Bom dia, de qualquer maneira e muitos parabéns. Beijinhos.corrupto
(http://corrupto.blogs.sapo.pt)
(mailto:josesocrates@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2004 às 10:42
Bem estou com a lágrima no olho Fernanda...que declaração de mãe, mais sentida, mais ternurente, mais verdadeira...parabéns!! Eu agora já começo a entender esse sentimento, afinal vou ser mãe daqui +- 3 meses!! Voos ternos kidaBorboleta
(http://devaneiosconstantes.blogs.sapo.pt)
(mailto:devaneiosconstantes@sapo.pt)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2004 às 10:31
Nem imaginas o bem que sabe sentir as tuas palavras, principalmente porque estou grávida. Faz-me ter a certeza que vale a pena passar pelos dias em que me sinto mal disposta, enjoada, com dores de cabeça, cheia de sono, etc...
Um beijinho ao Alexana
(http://xapinha.blogs.sapo.pt)
(mailto:anamota100@hotmail.com)


De Anónimo a 17 de Novembro de 2004 às 09:53
Ohhhhh! Tão fofo! Deve ser uma emoção! Parabéns ao Alexandre e tb à mãmã.... Bjs grandes!tecpalt
(http://nasei.blogs.sapo.pt/)
(mailto:tecpalt@sapo.pt)


Comentar post