Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Quinta-feira, 18 de Novembro de 2004
Faltam 20 dias...

Continuo a pensar, estupidamente que, de alguma forma, me encontrarás aqui um dia….


Sei que és uma expert informática, que toda a vida trabalhaste com computadores.


Porque razão não pensar que virás aqui um dia e perceberás que sou eu?


Hoje não te venho insultar. Nem fazer perguntas incómodas….


Hoje venho pedir-te o colo que nunca me deste.


 E para conseguir isso, estou disposta até a engolir o maior sapo da minha vida, e chamar-te mãe…


Se tu quiseres… Eu chamo-te mãe…


Só tens que realizar a maior das minhas fantasias, e telefonar-me no dia dos meus anos. Sabes que o espero há quase 40 anos…


Nem tens que me dar os parabéns, nem falar de como tudo se passou, nem mostrar-te feliz ou infeliz com o acontecimento.


 Quero apenas que me digas que estás a pensar em mim.


 Que ao menos nesse dia.


 Te lembras que eu existo.


 Faltam 20 dias….


Começa a arranjar coragem, por favor.


 São apenas nove números a discar.


 Se fôr preciso, eu pago-te o telefonema.


Esta é a primeira vez que suplico seja o que fôr, seja a quem fôr.


Telefona-me no dia dos meus anos.


Faltam 20 dias.


 Por favor….



publicado por Fernanda às 10:43
link do post | comentar | favorito
|

27 comentários:
De Anónimo a 19 de Novembro de 2004 às 18:41
:-)Partilhas
</a>
(mailto:partilhas@apo.pt)


De Anónimo a 19 de Novembro de 2004 às 10:03
BOM DIA!!! (ainda agora aqui estive :-) )
ah pois minha amiga eu quase não durmo. Beijinho grande e cheio de Sol (esperemos). Bom fim de semanaMyryan
(http://outrademim.blogs.sapo.pt)
(mailto:myryan@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Novembro de 2004 às 04:13
Eu abraço-te!Myryan
</a>
(mailto:myryan@sapo.pt)


De Anónimo a 19 de Novembro de 2004 às 02:00
espero k te telefone... o rapaz que pensava que o mundo era redondo
(http://oblogdorapaz.blogs.sapo.pt)
(mailto:m@pt.pt)


De Anónimo a 19 de Novembro de 2004 às 00:18
Quanto menos pensares, maior é a probabilidade de o telefonema acontecer e te surpreender. A vida é feita de surpresas e não vale a pena tentarmos ver a embalagem antes de tirarmos o embrulho ;) Bjinhos**joao
(http://turbilhao.blogs.sapo.pt)
(mailto:pedefeijao@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Novembro de 2004 às 22:13
Que palavras é que se podem dizer. Tudo o que me passa pela cabeça escrever é mto pequeno ou demasiado frio, distante, sei lá. Sei que não é nada disto q precisas mas só me apetecia dar-te um grande abraço agora. Bjsmulhergorduxa
(http://diariodemulher.blogspot.com)
(mailto:annp@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Novembro de 2004 às 21:29
Pode não telefonar, mas acreditas mesmo que não pensa em ti nesse dia? Não creio... E um dia, sem mais nem porquê, há-de ligar-te e dar-te o colo que tanto te faltou, acredita nisso. Também te ligo se me deres o número :) E como disseste que não tens tido prendas, também te envio uma se me deres a morada! :) Beijo grande!Carla
(http://papoilasdoces.blogs.sapo.pt)
(mailto:cferreirapedro@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Novembro de 2004 às 20:56
Ps: Manda-me o teu número que eu ligo-te ;)rute
(http://comecardenovo.blogs.sapo.pt)
(mailto:rutespimenta@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Novembro de 2004 às 19:09
Já que começas-te, acaba. Eu tenho um colinho para ti no próprio dia, 7, 8 ou 9... deixa a resposta lá em casa, já que te enganas-te nas contas. BeijoPantanero
(http://pantanero.blogs.sapo.pt/)
(mailto:zh1951@sapo.pt)


De Anónimo a 18 de Novembro de 2004 às 17:58
Um beijinho grande para te dar força nesta espera... lembra-te que quem espera sempre alcança!!!Rute
(http://comecardenovo.blogs.sapo.pt)
(mailto:rutespimenta@sapo.pt)


Comentar post