Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Quarta-feira, 14 de Setembro de 2005
...

Não me quero repetir, mas sou uma mãe-canina de primeira vez e a coisa tá complicada.


 O meu filho mais novo está doido de ciúmes do cão!


 Ontem deu-lhe um pontapé e gritou-lhe “a mãe é mina!!”, com a consequência que se imagina, que deu em berraria até altas horas.


 Ele está é a precisar de começar a levar umas palmadas valentes!


 Aliás, ele e o cão!


Vou desatar à chapada, ai vou!


Os meus filhos mais velhos também fizeram asneira da grossa e já percebi que já não vale a pena ameaça-los com o colégio interno, porque começam a achar graça à sugestão!


Que tal eu rifar os filhos na lotaria do Natal, e ficar só com o cão, hem???


O Migo anda desaustinado pela casa toda, a ver onde pode ferrar a dentuça.


 Os dentes parecem agulhas! Não pode ver passar um par de pernas, que não pregue uma dentada.


Já deu cabo de 2 vasos, e apareceu com uma camisola do Alex na boca, que eu não via há 6 meses!


Recusa-se a dormir na cama dele, só gosta de estar no chão, ou então ao colo.


 Ontem ladrou pela 1ª vez, um bocado esganiçado, mas também coitado, anda ainda à nora com o mundo…


Graças a Deus não chateia ninguém de noite, desde que deixemos a televisão ligada para lhe fazer companhia.


Não quer ir ao jardim, tem medo ou sei lá, deve cheirar-lhe a qualquer coisa que ele não gosta, mas já se aventura pela casa toda, com os consequentes presentes espalhados nos sítios mais escondidos…


Enfim…


Nada que paciência, perseverança e alguma disciplina não resolva.


 Sempre com muito mimo.


Acho que isto é válido pró cão e prós filhos!!!


Beijos e desculpem não vos ter visitado, mas o tempo é mesmo curto!



publicado por Fernanda às 12:17
link do post | comentar | favorito
|

8 comentários:
De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 03:02
Mas já não te chegavam as dores de cabeça que os filhos te davam?!
Ainda precisavas de um cão!
Ai, mulher, muita paciência para todos.
BeijnhosSandra
(http://DanielEliana.blogs.sapo.pt)
(mailto:danieleliana@gmail.com)


De Anónimo a 15 de Setembro de 2005 às 01:08
Coitado do Adolfo !acacio simoes
(http://atonito.blogspot.com/)
(mailto:acacio.luis.simoes@iol.pt)


De Anónimo a 14 de Setembro de 2005 às 18:22
Uau...membro novo na familia? Que corra td bem...eles são tão fofos!Qto a mim eu sou ele, o k terminou o blog, lembras-te?Voltei com a minha mana!Bjs grandes!O LUAR
(http://osmanos.blogs.sapo.pt)
(mailto:karl_cc@hotmail.com)


De Anónimo a 14 de Setembro de 2005 às 17:16
Quando o Besnico nasceu, o cão já morava lá em casa... há muito tempo.
O cão, nunca teve ciumes da criança... mas a crinaça é uma ciumenta com o cão...
Mas, ao mesmo tempo muito protectora... Eu não posso ralhar ou zangar-me à séria, ou muito menos lhe tocar... que a criança, fica alterada de todo...
Mas ele... Faz-lhe trinta por uma linha e ralha e ralha e ralha... tal e qual como eu o faço... com ele (criança), é um exercicio, tipo espelho... Muito bonito...
Mais jocas...
:-)Partilhas
(http://www.partilhas1.blogspot.com)
(mailto:Partilhas@sapo.pt)


De Anónimo a 14 de Setembro de 2005 às 15:34
Podes crer Maria,
A minha filhota fez em Agosto 5 anos e, ainda em Agosto, recebeu as minha primeiras palmadas no rabo. À primeira vez quase que fiquei doente mas o facto é que resultou... já não conseguia fazer nada dela, embirrava e acabava por ser feito o que ela queria... não podia ser mesmo... voltei a dar-lhe uma palmada no início de Setembro e foi também o suficiente... neste momento basta ameaçar... ainda hoje de manhãzinha (geralmente quando há mais problemas), levanto a mão, ameaço com a voz, e num instantinho ela deixou-se aprontar para ir para a escola :) Jinhosdilbert
(http://confessionario-do-dilbert.blogspot.com/)
(mailto:dilbert-bd@sapo.pt)


De Anónimo a 14 de Setembro de 2005 às 13:48
Estou a ver que foste arranjar mais trabalho e mais dores de cabeça Fernandinha. Xicoração grande.carlos
(http://carlosrlopes.blogs.sapo.pt)
(mailto:carlosrlopes@sapo.pt)


De Anónimo a 14 de Setembro de 2005 às 13:41
Concordo com a Aragana... Depois é que ele fica com ciumes do migo... talvez umas palmadas bem distribuidas, para toda a gente que fizer asneiras ;) beijo e boa sorte com issokriz_the_wiz
(http://luarsemestrelas.blogs.sapo.pt)
(mailto:krizthewiz@gmail.com)


De Anónimo a 14 de Setembro de 2005 às 12:43
As palmadas, garanto-te, que por vezes resolvem mais que mil palavras, principalmente na idade do Alex... no entanto, acho que se lhas deres agora ele vai canalizar a culpa para o cão... já devias ter dado antes, tás a ver? Beijinhos FernandinhaAragana
</a>
(mailto:aragana@sapo.pt)


Comentar post