Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Quarta-feira, 25 de Agosto de 2010
A ESTRELA !!!

 

 

 

Abri os olhos pela primeira vez no firmamento, mas tive de os fechar de imediato…

Não sei como… ao meu lado uma bola imensa de Luz quase rebentava, cegando-me…

 

Cerrei os olhos com força, com mais força ainda, e fiquei a escutar o bater desordenado de um coração feito de pó…

 

Passou muito Tempo.

 

Não sei como, não consegui medi-lo pelas batidas empoeiradas, pelos picos brilhantes que se cravavam na pele.

Fiquei ali à espera que a Luz se aquietasse.

 

Experimentei várias vezes entreabrir os lábios..  para depois ter de os cerrar, engasgada em picos brilhantes que se soltavam dos braços que ainda não tinha podido sentir nem sabia para que serviam…

 

Passou muito Tempo.

 

E eu ali, cerrada. Assustada. Temerosa. Inútil e desamada. A definhar!

 

Sentia o breu que me envolvia, dando-me sopros de coragem para finalmente abrir os olhos e perceber o que era, onde estava….

Mas sempre que o fazia, aquela bola de Luz voltava a encadear-me…

 

Pedi em silêncio. Ao Tempo que parasse. Um pouco apenas…

Mas Ele, inexorável, nem me notou.

 

Mudei um pouco de posição, para que não me doessem tanto os pedaços que me apertavam em cada poro, em cada membro…

 

Nem sei como tive coragem de o fazer, tal o medo que me assolava. A solidão. O peso do Desconhecido…

 

 

Então ouvi uma voz…

 

- Que estás a fazer???? Não te podes mover!!!    Era a bola brilhante que falava…

 

- Não aguentava mais estar na mesma posição… - balbuciei

 

- Não aguentavas mais??? Mas que engraçado!!! Que graça te acho, projecto de estrela imberbe e insolente!

 

- Não precisas de me insultar… nem sei o que sou… a tua Luz encadeia-me, não consigo abrir os olhos…

 

- Já vi que tens um grande sentido de humor! E uma ignorância que agride todos os sentidos! O meu papel é brilhar, sua estúpida… brilhar por brilhar… não apenas para te afectar!

 

- E o meu papel qual é? Ficar aqui na tua sombra, em sofrimento?

 

- Ora esta, o que me calhou em rifa… és insolente, sabes? Nem devias dirigir-me a palavra… o teu papel é ficar aqui, lançando pó a que, ficas a saber, sou altamente alérgica e me faz espirrar! Ficares aí a fingir que brilhas, até explodires!

 

- Explodir??? Mas porquê??

 

- Porque sempre foi assim e sempre será, do Inicio e até ao Fim dos Tempos… Vocês, estrelas, nascem, brilham e morrem… fazendo-me espirrar!

 

- Então… sou uma estrela, não é?

 

- Sim, és uma porcaria de uma estrela entre ziliões de outras, umas maiores outras menores, mas todas desnecessárias, na minha modesta opinião…

 

- Desnecessárias??

 

- Sim, porque o meu brilho é suficiente para alegrar a noite de todos os firmamentos! O sol reina de dia, porque tenho de descansar desta minha tarefa eterna e deslumbrante, e a noite é minha!

 

- Então porque existimos? Não será para te ajudar e dar um pouco de descanso???

 

- Não faço ideia, não sou eu que faço as regras, minha menina… mas se fosse eu que mandasse….

 

Comecei a chorar…

 

Mas que existência seria a minha, ao lado de alguém que não me queria ali…

 

Quanto mais chorava, mais a bola brilhante gritava comigo e espirrava, lançando impropérios engasgados com o pó que emanava de mim a cada soluço…

 

E quanto mais ela gritava, mais eu chorava!

E mais ela gritava….

 

Acabei por parar de chorar e num fio de voz entrecortado, pedi-lhe ao menos que me dissesse como se chamava, onde estávamos, o que era tudo aquilo à nossa volta…

 

Entreabri os olhos e vi-lhe o rosto zangado… belo, imenso, branco e brilhante, prestes a explodir de luz e de raiva…

 

E de repente, daquele rosto omnipresente e enraivecido saiu uma perna que me deu um pontapé tão violento, que me senti cair em vertigem, enquanto a sua voz esganiçada me gritava em eco..

 

- SOU A LUA MINHA ESTUPIDA E O CÉU É MEU!!! Desaparece daquiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii….

 

 

Cerrei os olhos de novo enquanto me sentia cair….

 

O ardor do Espaço a cortar-me o corpo esculpiu-me braços e pernas de fogo, tantas que me atrapalhavam o voo….

 

Tentei planar, mas as minhas tentativas foram infrutíferas….

 

Fiquei com a certeza de que o Céu não era o meu lugar e engoli em seco a amargura de não pertencer a lado algum..

 

 

Passou muito Tempo…

 

Tanto tempo, que desisti.

De fugir à queda, de abrir os olhos, de sentir mais do que a dor da viagem sem rumo, sem destino….

 

 

Fiquei apenas à espera… da explosão.

Mas já sem medo. Sem perguntas. Sem querer respostas. Sem nada. Só o Nada.

 

De projecto de cabeça metida no meio dos projectos de braços, encolhida e inerte, sentindo-me cair, sem raiva nem porquês…

 

 

Passou muito Tempo.

 

 

Até que um dia, um dia como outro qualquer, de olhos fechados e coração calado, nesse dia, bati com força em algo fresco, novo e salgado, que me revolveu as entranhas….

 

Aspirei com força um odor que não conhecia, e todo o meu corpo se refrescou e abriu como se nascesse de novo!

 

Abri os olhos…

 

Consegui abrir os olhos!

 

 

À minha volta, múltiplos seres se moviam em elegância e silêncio, dançando mil cores, mil cheiros, delicados e dedicados em não se atropelarem…

 

Abri tanto os olhos que quase me saltaram das orbitas…

 

Mas onde estaria?

 

Lembrei-me da experiencia com a bola brilhante e decidi ficar calada… não perturbar toda aquela harmonia…

 

 

Com sorte, nada nem ninguém daria por mim…. E eu poderia ficar ali, em silencio, em frescura… quem sabe mover-me um pouco, dançar um pouco entre aqueles seres de mil cores, num ondear maior que eles, maior que tudo!

 

 

Mas assim que comecei a mover, vi todos os rostos se virarem na minha direcção!

 

Fiquei petrificada! Encolhi-me de novo…

 

E enquanto esperava sei lá que sentença de não pertença, ouvi um sibilar em uníssono, um murmúrio sussurrado em harmonia …

 

Olhei em volta, pensando que me tinha enganado…

Mas não.

 

 

Aquele canto maravilhoso era-me dirigido!

 

E durou muito Tempo….

 

 

Contendo apenas 6 palavrinhas…

 

 

Sejas Bem Vinda Estrela do Mar!

 

 

 



publicado por Fernanda às 17:07
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A ESTRELA !!!

Mas nem tudo são desgraça...

Pois..

Saudade...

ESTUPIDAAAAAAAA!!!!

20 anos

Beleza Pura

De Centauro a Sereia

ATÉ DEUS....

QUERO UM!!!!

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds