Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Terça-feira, 30 de Setembro de 2008
A carta que gostaria de receber!!!!

 

 

 

 

Estimada Cliente,
 
É sempre com muito gosto que entramos em contacto com V. Exa., nossa cliente desde 1995, com quem estivemos nos principais momentos da sua vida, e que sempre primou por cumprir as suas obrigações para connosco a tempo e horas.
 
É com sentido de reciprocidade que nos dirigimos a V. Exa., nesta hora difícil da Economia Mundial, em que o sistema bancário atravessa uma crise inédita e inesperada, informando que se extraviou o processo informático e em suporte de papel, relativo a V. Exa.
Na prática, não podemos saber quanto ainda nos deve dos seu(s) empréstimo(s), qual o montante que costumava pagar de prestações, nem sequer o dia em que elas vencem.
 
Assim, e contando com a seriedade e boa vontade de V. Exa., certo de que nos prestará o auxilio que se impões, solicito que com a máxima brevidade nos informe dos dados referidos, para que possamos reatar a nossa relação financeira.
 
Com os melhores cumprimentos,
 
De. V. Exa.,
Cordialmente,
O seu Gestor de Conta do BCP
 
E a minha resposta (MENTIROSA) seria qualquer coisita assim:
 
Caro Gestor de Conta,
 
Nesta hora difícil da Economia Mundial, a que eu estaria alheia se não fosse a sua utilíssima carta, cá estou a responder com a brevidade possível:
Se a memoria não me falha, foi realmente em 1995 que abri a minha conta no vosso banco.
Durante uns anos, pedi alguns empréstimos pessoais que já estão liquidados, portanto não têm com que se preocupar.
Quanto ao cartão de crédito, faltam pagar 25 euros.
 
Do empréstimo da minha casa, faltam pagar cerca de 1.500 euros, a uma prestação mensal de 75 euros.
 
Como a minha conta ordenado está, há cerca de 6 meses, positiva em 1.400 euros, poderão retirar a verba na totalidade para vos ajudar a ultrapassar esta crise, e os 100 euros que restam da minha divida, irei amanhã mesmo ao vosso balcão mais próximo para os depositar.
 
Certa de que esta minha disponibilidade em muito vos ajudará, apresento os meus melhores cumprimentos,
 
De V. Exa.,
A cliente mais satisfeita deste mundo!

 


sinto-me: querias...

publicado por Fernanda às 20:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Sexta-feira, 26 de Setembro de 2008
OFERECE-SE!!! DÁ-SE!!! ATÉ SE PAGA PARA DAR!!!

 

Oferece-se com muito carinho, balança honesta e sincera até às últimas consequências!

 

Económica, não gasta pilhas e não há nada que a faça desligar-se.

 

Está sempre prontinha para trabalhar!!!

 

É tão, tão eficiente, que nem deixa o pó agarrar-se ao mostrador, que está sempre luzidio e bem visível, mesmo que não seja limpo há 3 meses!

 

Mesmo que vá parar debaixo do móvel do lavatório (com um pontapé descuidado e sem querer), arranja maneira de voltar ao seu lugar sem dar trabalho nenhum, aproveitando a deslocação do ar!

 

MAIS!!

 

Resiste sem qualquer mossa ou risco, a encontrões de cadela (quando está a rodopiar para agarrar a própria cauda) e a saltos descontrolados de outros animais, incluindo alguns elefantes sem tromba...

 

E por fim, (last but not the least..) parece não ter mesmo carga máxima aconselhada, suporta todo o peso que em cima lhe põem sem se avariar!

 


sinto-me: pois...

publicado por Fernanda às 10:19
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

Terça-feira, 16 de Setembro de 2008
Palavras da minha "Estrelinha"...sem mais comentários...

 

 

Um desejo, mil pedidos

Uma vontade, mas tantos sonhos perdidos

Pura insanidade, os sábios já descansam a estas horas

Baixas a máscara e é agora que choras !

São lágrimas ou é culpa ?

Sem sentido nem desculpa

Infeliz a fraqueza humana

Tortura, moi e ainda esgana

Enforca ambições e razões

Dá vida a cobardias e medos que nos consomem como furacões.

Glória a quem não entrega a alma ao diabo

E ganha asas com os anjos

Procurando a força de titãs

Persistindo ao longo dos anos

 

 

 


sinto-me: BABADA...

publicado por Fernanda às 21:02
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008
Agora a culpa é do signo!!!! AHAHAHAHAHAHAH.. ai,ai...

 

Eu sei que ando a atravessar uma fase estúpida.

Bem…

Para dizer a verdade (agora está na moda!), há 43 anos que atravesso fases estúpidas.

 

 

E o que há de estupidez nesta minha fase?

Hem????

O mesmo que nas outras….

(mas eu sou original caramba!)

 

É que no combate entre a minha parte racional (a parte de cima do centauro que já tem artrite nos braços de tanto apontar a flecha do conhecimento PRA CIMA!) e a minha parte emocional (as 4 patinhas do instinto e da emoção pura, ou por outra palavras, a traseira e dianteira da cavalgadura!)..

 

Já me perdi…

 

AH!

É que no combate entre estas duas partes, que nunca conseguiram coabitar pacificamente no mesmo Ser, nenhuma vence!

 

Deve ser qualquer coisa assim:

 

“- Oh estúpido, desiste! – vocifera o racional, aos pulos em cima do outro.

- Estúpido és tu, ó lingrinhas! Queria ver se não fosse eu para te suster!!” – E dá umas patadas valentes no chão, fazendo estremecer o solo.

- Ah pois, tens cá uma graça, cabaça!! Se não fosse eu, não fazias mais nada além de defecar, ó projecto de mula!

- Pois, pois, convence-te disso ó filósofo de meia tigela! Se não fossem as minhas perninhas, já tinhas morrido à fome, contemplando o horizonte! Seu inútil!

- E o espírito, parvalhão? Não precisa de alimento? Se não fossem as minhas reflexões, não eras mais do que uma animaleja!!

- Animaleja é a tua prima!!! Tanto olhas pra cima, que já tens torcicolos crónicos, ó masoquista da treta!

- E tu???? Por mais que tentes, não sais do chão, nem com a ajuda de um guindaste!

- E quem é que te disse que eu quero sair do chão, ó estrumpfe descolorado??Estou muito bem assim. Tu é que tens a mania de que queres voar! Pode ser que passe um boing 727 e te dê boleia, ó amostra de gente!

- Boing tens tu no olhinho! Mula sem cabeça, que nem conseguiste chegar a Minotauro e eu é que tenho de aturar as tuas vulgaridades!

- Fala, fala que ainda levas um coice que vais parar à lua de vez!”

…….

 

E deve ser qualquer coisa assim.

 

E entretanto quem se lixa?

Como em tudo na vida, o mexilhão.

Ou melhor, aqui a mexilhoa…

Ai, ai….

 


sinto-me: que neura...

publicado por Fernanda às 17:18
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008
sem titulo e sem imagem mesmo, TEMOS PENA

não gosto, não gosto mesmo nada, não gosto nem um bocadinho, mas é que não estou mesmo a gostar, não gosto nadica de nada, não gosto, acho que já disse que não estou a gostar....

NÃO GOSTO DISTO!

 

Os meus filhos sairam de fim de semana...

mas eu passei 19 horas de trabalho PARA ISTO?????

 

 

não gosto disto, porra que não gosto nada, nada, nada, NÃO GOSTO MESMO DISTO, acho que já disse que não gosto e não gosto mesmo e pronto.. não gosto, não e não e não e não e não GOSTO DISTO!!

 

 


sinto-me: kero o meu $ de volta!Não gost

publicado por Fernanda às 21:42
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008
Um murro nas trombas

 

 

 

Por aqui estou há meia hora, à janela de lua ao peito, escutando as palavras que jorram na minha mente, frase após frase, ideia após ideia…
 
Dou uma passa mais longa no eterno cigarro, e surge..
 
( “O Contador de Histórias” – Empedernido velho marinheiro que, ao cair da tarde, se senta na rocha da ponta do molhe e…. dia após dia, resmunga para quem quer ouvir, a mesma história, palavra após palavra sem perder o fio…. Conta a historia sonhada ou vivida de uma mulher que, por amor, vestida de homem embarcou em caravela de longa distância… só para estar junto do seu amado… e como… e como Neptuno ciumento de tal dedicação, se vingou… )
 
Pois… Hum… mais uma passa, desta vez lançada em esfumada dança até ao negrume do céu…
 
( “Terapia da Concha” – A forma como uma mulher se cansou de Ter, de Andar, de Pensar, de Contribuir, de Planificar, de Fingir, de se Esforçar e… decidiu, num dia de ventania desenfreada, que a colheu dentro do carro em plena autoestrada em regresso a casa, decidiu apenas… SER. )
 
Apago o cigarro que quase me queima os dedos, afogando-o no meu cinzeiro preferido, uma lata velha de red bull cheia de água, perdida no beiral da janela…
 
( “A Barbie” – O percurso de vida de um menino, de precoce voz grossa mas cara de bebé chorão, que adorava brincar com as velhas Barbies da irmã, e as convidava com cavalheirismo, a tomar um chá no estalado e gasto servicinho de faz-de-conta…. )
 
Olho de soslaio para o maço, tentando contabilizar quantos cigarros estão livres, sem comprometer o vicio de amanhã…
 
( “A bola de gelado” – Hum…. Sei lá…. A minha mente está a amainar… Imagino a história de uma típica aluna de liceu dos anos 80… apostada em ser a melhor, a mais pontual, assídua, limpinha nos cadernos e na ponta dos dedos… com o cabelo sempre em ordem… na pasta tem sempre tudo o que pode ser necessário, aconteça o que acontecer… acaba por ser popular por facultar aos colegas os seus perfeitos apontamentos das aulas… e claro que deixa copiar nos testes… sem pestanejar… A vida corre-lhe tão bem que … nem acredita quando… numa amena cavaqueira de colegas depois as aulas, no café habitual da esquina, fica paralisada a olhar um enorme gelado que o empregado lhe coloca à frente, dizendo que é uma oferta dos amigos do 9º B” )
 
Decido pôr o isqueiro a descansar, torcendo o nariz quando percebo que as náuseas estão a chegar.
 
Fecho a janela, enquanto a minha mente se esvai em pulsares vazios, e eu me sinto …. Cansada, tão cansada que me atiro para a cama desejando que a noite não passe e eu possa dormir durante um ano!
 
E então, por preguiça, desleixo ou falta de amor próprio, não escrevo nada.
Deixo as ideias estúpidas lá fora ao sabor do vento.
Pode ser… até pode…. Que um dia…. Sei lá…
 
Até lá, sei lá… olho-me no espelho e só sinto uma vontade imensa de (me) dar um murro nas trombas!
 
 
 
 

sinto-me: anestesia please...

publicado por Fernanda às 21:57
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

Segunda-feira, 8 de Setembro de 2008
23 anos

 

Faz hoje 23 anos em que eu e o meu marido nos conhecemos.

Tem sido um percurso como tantos outros, com momentos bons e maus, mas atrevo-me a dizer que não tem existido monotonia!

 

A culminar estes anos, está sem dúvida, a "produção" de três pessoinhas lindas..

 

Haverá coisa melhor?

Acho que não.

 

Mesmo que o fulgor da paixão se acalme pelo caminho (é inevitável) e que às vezes tenhamos vontade de apertar o garganil um ao outro, a nossa relação valeu e vale a pena.

 

Se assim não pensassemos, este aniversário não aconteceria...

 

Portanto, PARABÉNS PRA GENTE e venham mais 23...

 


sinto-me:

publicado por Fernanda às 12:33
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

Quinta-feira, 4 de Setembro de 2008
Salada de Alfacinha e a Cadeira de Baloiço

 

Ai que raiva!!!!!

 

Estou a rebentar de vontade de escrever sobre uma visita do Eden que recebi em minha casa ontem, E NÃO TENHO TEMPO!!!!

 

ARRGGGGG!!!!!!!!!!!!!!!

 


sinto-me: QUERO A REFORMA JÁ!!!

publicado por Fernanda às 12:18
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008
Xaninha..

 

Se alguém vir por aí, esta doidivanas de gata chamada Xaninha..

Há uma semana que não aparece em casa, desde que ficou com o cio...

 

Estamos cheios de saudades..

Passo a noite a acordar pois parece-me que a oiço no jardim..

 

Até a cadela anda triste...

 

Raios partam os bichos, MAIS QUEM OS LEVA LÁ PARA CASA!!

 


sinto-me: QUERO A MINHA GATA!!

publicado por Fernanda às 15:56
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A ESTRELA !!!

Mas nem tudo são desgraça...

Pois..

Saudade...

ESTUPIDAAAAAAAA!!!!

20 anos

Beleza Pura

De Centauro a Sereia

ATÉ DEUS....

QUERO UM!!!!

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds