Porque viver, sobrevivendo, é uma questão de simplicidade...
Terça-feira, 30 de Novembro de 2004
Voar?

Passou por mim uma gaivota atrevida,


Perdida do mar, à procura de outro sal.


 Sentei-me quieta para não a assustar, como se ela se importasse com quem a olhava!


Em cada rodopio de encontro ao céu, dava mil voltas sempre em círculo e voltava sempre ao mesmo lugar.


 E eu ali a olhá-la. Esbocei um sorriso e resmunguei entre dentes “grande tonta, estás tão longe da praia!”


 Levantei os olhos para lhe dizer adeus, e senti-a descer a pique como se uma asa se quebrasse. O meu coração disparou. Será que me ía cair nos braços? Mas não.


Pousou suavemente numa pedra ao meu lado e olhou-me muito séria.


Lá estou eu a imaginar coisas de novo – pensei, sacudindo a cabeça para afastar ilusões.


“Ao menos, bom dia!” – ouvi num sussurro


 Virei a cabeça para todo o lado na esperança de encontrar outro “espreita gaivotas”, mas não vi ninguém.


 “Não te sabia mal educada, menina!” e levei uma bicada no ombro.


“Mas tu falas?!!”


 “Olha, outra que pensa que só os humanos é que sabem tagarelar!”


 “Mas como é possível eu perceber o que grasnas?”


 “Consegues ouvir com o coração e não só com os ouvidos…”


“Andas perdida por aqui, não é?”


 “Quem tem asas voa para onde quer. Não sou tão perdida como pareço…”


“Mas como vieste parar tão longe do mar?”


 “Tenho uma missão a cumprir, e achei melhor despachar-me antes que faças asneiras…O mar pode esperar.”


 “Não me digas que te deste a todo este trabalho por minha causa!”


 “Já ouviste falar de Maomé? Não apareces há tanto tempo, que tive de pôr penas a caminho para te falar”


 “Sinto-me lisonjeada…”


“Não te armes em pavão, que o caso não é para elogios!”


“Já vi que estás zangada comigo.. Lamento, não és a única! “


 “Não te armes em coitadinha que te conheço bem! Estou apenas cansada, fartei-me de voar para te apanhar a tempo”


“Então diz lá o que me queres…”


“Ouvi dizer que querias trocar as tuas asas por um par de pneus em bom estado. É verdade tamanho disparate?”


“Gaita! Até tu navegas na net?”


 “Diz-me só se é verdade…”


“É verdade, sim senhora, eu raramente minto!”


 “Então deixa-me dizer-te que um par de pneus compram-se em qualquer altura, em qualquer lugar! Mas umas asas, feitas por medida e que assentam maravilhosamente, só são dadas uma vez na vida! Portanto, minha menina, mesmo que não as uses, toca a mantê-las em teu poder. Ainda podem fazer-te falta!”


 E dito isto, levantou voo enrolada no vento, e desapareceu antes que eu pudesse ripostar.


 Fiquei ali parada. Com uma sensação estranha de que estas coisas não acontecem.


Mas pelo menos fiquei a saber, de uma vez por todas, que tenho mesmo asas. Só me falta aprender a voar…



publicado por Fernanda às 11:57
link do post | comentar | ver comentários (21) | favorito
|

Segunda-feira, 29 de Novembro de 2004
Mais uma segunda...

Depois de um pequeno fim de semana, cá estou eu pronta para enfrentar mais uma semana. Alguém por aí conhece uma forma de escapar ao calendário?


Antes que me perguntem, digo já que continuo FELIZ! Não estou histérica aos saltinhos como se me tivessem esfregado as plantas dos pés com creme de malagueta, mas estou feliz.


 Serenamente. Com uma calma que precede a tempestade.


 Consegui alguns momentos de paz durante o fim de semana, em que me enrosquei no sofá e consegui ver 2 filmes no dvd, o que não acontecia há imenso tempo.


Se vos disser que filmes foram, há aí muito boa gente que vai pensar: “Esta mulher não tem COLTURA nenhuma!!”


 Pois é. Perdi a coltura nas andanças da vida, se a encontrarem por aí, indiquem-lhe o caminho de volta! Please.


 Quanto a cinema, vejo de tudo quando posso. Mas o que me tira do sério, é um bom filme de FICÇÃO CIENTIFICA!! Mesmo que não seja bom, eu gosto à mesma!!


Ai como gosto de naves espaciais, aliens bem feiosos, combates inter-galácticos, viagens pelo universo…


 Ai… Como eu gostava de ter uma nave inter-estrelar! Tenho em mim uma costela de Spock, pois tenho!


 Um dos filmes que vi foi “Alien versus Predator” e ADOREI! E depois vi o “Van Helsing”. Não tem naves nem aliens, mas é fantástico que chegue.. Cheio de vampiras e lobisomens e coisas assim… ADOREI! Só tive pena de a princesa morrer no fim. Não há direito!


 BUÁÁÁÁ


Fico à espera do Van Helsing II. Ai fico, fico..


Voltando à realidade, quero deixar aqui DE NOVO um grande beijinho de Parabéns à minha adorada Inconformada (“escrevoapenas.blogspot.com” – já sabem que não sei pôr links), que faz hoje aninhos, e um beijo muito especial ao Alexandre (gregueria.blogspot.com) que foi avô de um lindo Rafael!


Beijo enorme para todos vocês!


 Como o sapo não me deixa publicar, nem comentar, nem o raio que me parta, aqui voltei.


 Para dizer que, a seguir, vou tentar arranjar tempo para ler. Não leio há que séculos, eu, que até a enciclopédia universal devorei! Eu, que na falta de páginas novas, passava os olhos e a ponta dos dedos pela lista telefónica… Não faço a mínima ideia do que está na berra, portanto aceito sugestões…


O meu escritor favorito é o Gabriel Garcia Marquez, acompanhado do Jorge Amado, com um olhinho no “nosso” Eça e um sorriso pró lado do … tou com a cara do homem na minha cabeça e não me lembro do nome! Que vergonha… Não é o Saramago, é o outro! Ai que ódio! Desisto..


 E já viram que a página dos blogs tá laranjinha?



publicado por Fernanda às 15:22
link do post | comentar | ver comentários (13) | favorito
|

Sexta-feira, 26 de Novembro de 2004
TOU FELIZ!!!!

Ai que tou tão feliz que ainda rebento!


 Tou tão feliz, mas tão feliz, ai que feliz eu tou, como eu tou feliz!!!!! Eu sei que é sexta feira, mas não é por isso que estou a rebentar pelas costuras de tanta felicidade!!!


Não estou a ser irónica, estou mesmo muito feliz! Tão feliz, tão feliz, que não páro de sorrir. Já não é de orelha a orelha (que isso é habitual), é mesmo dos pés à cabeça! Há muito tempo que não me sentia tão feliz!


 Ganhei couraça para as chatices que espero resista muito tempo, e eu me sinta assim feliz até me fartar de estar de “taxa arreganhada”! Que eu rebente de felicidade, transpire em calor de Verão chapado em Inverno, porque me sinto feliz!


Faço um esgar de desprezo às dores e fiquei a saber que a felicidade é o melhor remédio para males de reumático! Descobri que estando feliz, até me esqueço que sou gorda e desengraçada, mal pronta e exagerada!


 AI QUE TOU TÃO FELIZ!!! Tanta alegria até chateia! EHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHHEEHHEHEHEHEHEE


Ó pra mim tão feliz! Querem saber porquê?


 Não sei se digo….


Tá bem, eu digo!!


 Descobri que dois dos meus blogueiros preferidos estão pertinho de mim! Moram a dois passos de onde trabalho, trabalham a dois passos de onde moro! Qual era a probabilidade de isto acontecer? UMA NUM MILHÃO!!!


Não digo quem são porque não sei se eles querem. Mas digo-lhes que não tenham medo de eu me tornar numa “vizinha” cola! Não vou andar a persegui-los para cravar um cafezinho, nem a sentar-me abusivamente à mesa do restaurante dia-sim-dia-sim , ou a aparecer no “estaminé “ dos referidos com ar de palerma numa de “só passei cá para ver se tá tudo bem..”


 Eheheheheh…


E tenho outro motivo para estar feliz… Outra blogueira do coração deu-me o privilégio de a ver, através de câmara web na msn, mais ao seu príncipe loirinho. Ai que a mulher é linda também!!! Tens é que mudar de marca de tabaquinho, minha querida, pois não dá muito jeito andar a inalar pesticidas, já basta a nicotina, o petróleo, carvão e outras substancias muito agradáveis que eu não sei quais são, deixo isso para os especialistas da nossa amada Tabaqueira!


 E pronto. Aqui me quedo o resto de dia com arzinho parvo de quem lhe saiu o totoloto (a que me esqueci de jogar!), e aproveito para vos desejar um GANDA FIM DE SEMANA!


E tenho a certeza de que segunda feira ainda estarei feliz, pois faz anos (44) a blogueira querida que me ajudou a voltar a sorrir!


BBEIIJOS



publicado por Fernanda às 10:42
link do post | comentar | ver comentários (43) | favorito
|

Quinta-feira, 25 de Novembro de 2004
Quinta feira, olaré pim pim!

Então muito bom dia!


 Hoje estou muito feliz again!


Estou a estrear uma camisolinha nova que comprei ontem à cigana cá da zona. Há que anos não estreava uma pecita de roupa, sabe tão bem!


É claro que a safada da cigana me levou mais dois euros e meio do que cobra na feira, mas também o serviço “à porta” tem o seu valor.


Também não gostei nada do facto de ela me ter dito “ATà FILHA TÁS PRENHA OUTRA VEZ?” Mas como é comentário que oiço com frequência, até lhe sorri e esclareci que nã tou.


 “Atã tas gordinha porquê, mulhé?”


 “Coisas que acontecem..”


 “Ainda és tan novinha…”


 “Pois é, mas vou fazer dieta e isto passa”


 “Olha cu marido inda abala”!


 “Não abala, não”


 “Os home são muta chatos, né filha ?”


 “Pois são, mas que remédio senão aturá-los!”


 “O mê tem cabresto apertado..”


“Ainda bem para si”


 Blá, blá,blá…


É claro que com esta conversa toda, o estupor da mulher me enganou no troco, mas fico cá a pensar que não foi de propósito, e que ela me vai aparecer aqui na junta a devolver o excedente!


 E vou esperar sentada, é claro!


 Beijo enorme pra todos bocezes!



publicado por Fernanda às 09:50
link do post | comentar | ver comentários (19) | favorito
|

Quarta-feira, 24 de Novembro de 2004
ehehehehehehh

Aproveitem enquanto dura! Hoje acordei muito bem disposta.


Contribuiu para isso o facto do meu Alex ter dormido a noite inteirinha sem “miar” e continuando com a minha boa disposição….


 Antes que me esqueça, hoje de manhã fui bombardeada com imagens de Canas de Senhorim, ele eram os populares deitados no chão, eram os policias a tentarem pegar-lhes ao colo, ele eram gritos e impropérios e insultos ao Sampaio Presidente (ai Santana lá te safaste!), e tudo isto porquê?


Primeiro pensei que tinha a ver com salários em atraso, ou encerramento do posto de saúde, ou construção de uma estrada mal parida, ou fecho de uma escola, ou qualquer coisa do género.


No meio da minha labuta matinal, com um olho aberto e outro por abrir, lá fui esticando as orelhas para tentar perceber que raio de motivo tinha aquela gente para se mobilizar desta forma, sim, devia ser algo de descomunal importância para a vida daquelas pessoas…


Até sorri pensando nos meus primórdios de comuna, que era bonito ver assim um levantamento popular a cheirar a revolução, que bom haver ainda quem bota o braço no ar e luta por direitos que deviam ser inquestionáveis e não arreda pé, mesmo perante o contingente policial.


 Vi até uma mãe de bébé ao colo no meio da confusão, talvez da idade do Alex, que até me arrepiei pois não levo o meu nem para o centro comercial, quanto mais para a frente de capacetes com ar de maus…


Mas quando finalmente percebi o que se passava, até me sentei. Oh pra mim sentada no meio do rodopio matinal! Não é que parece que a questão tem a ver com a elevação a cidade? Será que percebi bem? Ou seria a Concelho?


Não sei quais as implicações benéficas que tal questão tem para os habitantes da região, mas será decerto algo de fenomenal! Sei lá, eu que não percebo nada disto, mas tenho a certeza que a elevação a cidade lhes trará tudo o que precisam para terem uma qualidade de vida optimizada aos mais ínfimos pormenores. Estou até a pensar em mudar-me para lá.


Não pensem que estou a gozar. Apenas me espantei com a reacção populacional, e desejo que consigam o que almejam com tanta determinação! Seja lá o que fôr…


Pois é, mas estou muito bem disposta.


E não é que cheguei à Junta e o Presidente estava de fato e gravata, sinal que vai bazar para uma reunião de engomadinhos? Oh pra ele a sair.. Então até logo, eheheheh, boa viagem e muito trânsito!


 Está a ser uma quarta feira fantástica! Até a senhora do café me disse que hoje há picanha para o almoço. Bem.. isto promete. Daqui a umas horas, vamos ver se é sol de pouca dura, ou verão inesperado!


Vou aproveitar a boa maré, e vou ali meter um totoloto. Comecem a pensar o que querem que vos ofereça!


 BBBBEEEEEEEEIIJJOOSSSSSS



publicado por Fernanda às 10:16
link do post | comentar | ver comentários (23) | favorito
|

Segunda-feira, 22 de Novembro de 2004
Hoje é segunda. QUE GRANDE NOVIDADE!!!

Acreditem que ouvir o “Je t’aime moi non plus” às 10 da manhã, numa repartição pública, é de ir às lágrimas, não sei se de riso se de tristeza….


Este tipo de músicas (de fazer meninos…) levam-me a memórias, não a planos, ou lançam-me no tal mundo de sonhos, de que ando a fugir a sete (mil) pés.


Mas tenho azar, porque o CD que oiço vezes sem conta (vira o disco e toca o mesmo) está cheiinho de tais músicas, e a reacção das pessoas que entram aqui na Junta é diversificada, mas sempre motivo de risota interior da minha parte.


Os mais afoitos, esboçam um sorrisinho, e dizem qualquer coisa como “A D. Fernanda hoje está inspirada..”, outros “ai há tanto tempo que não ouvia esta música” e outros ficam encostados ao balcão de olhar perdido, e tenho de repetir duas ou três vezes “bom dia, em que lhe posso ser útil?”


Eheheheh…. Sou mazinha, não sou?


 Então lá estamos a começar mais uma semana. Que remédio, pois ninguém escapa ao rolar do calendário!


 Eu sei. Quando não tenho nada de interessante para dizer, mais valia estar calada!


Hoje estou muito pezinhos no chão.


 Não quero saber de lareiras nem de mar (que nunca mais lá chego), nem daquelas estrelas ridículas que piscam lá em cima em noites geladas, nem de cheiros trazidos pelo vento que me lançam a anos luz daqui!


 Hoje estou muito pezinhos no chão. Também tenho direito, não?


Hoje faço tudo certinho.


 Até me penteei, tomei a medicação a horas certas, tomei um bom pequeno almoço que não há estômago que aguente tanto comprimido, vesti uma roupita mais ou menos, pus um cachinho de rímel, consultei o saldo da minha conta (GRANDE ERRO!), certifiquei-me que ninguém notava a malha que tenho nas meias (não se vê que a saia é comprida), arrumei a minha mala (mais conhecia por Baú), e aqui estou pronta para enfrentar mais uma segunda.


E tendo em conta que já é quase meio dia, informo que nesta manhã trabalhei certinho. Não dei baldas a ninguém, até as fotocópias cobrei, hoje não vou passar atestados pela porta do cavalo (os que me custam a levar dinheiro porque sei que as pessoas mal têm dinheiro para comer, quanto mais para pagarem burocracias), hoje vou ser uma funcionária-mulher-mãe exemplar!


 O mesmo não prometo para amanhã…



publicado por Fernanda às 11:57
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|

Quinta-feira, 18 de Novembro de 2004
Ainda por cima enganei-me nas contas....


publicado por Fernanda às 16:31
link do post | comentar | favorito
|

Faltam 20 dias...

Continuo a pensar, estupidamente que, de alguma forma, me encontrarás aqui um dia….


Sei que és uma expert informática, que toda a vida trabalhaste com computadores.


Porque razão não pensar que virás aqui um dia e perceberás que sou eu?


Hoje não te venho insultar. Nem fazer perguntas incómodas….


Hoje venho pedir-te o colo que nunca me deste.


 E para conseguir isso, estou disposta até a engolir o maior sapo da minha vida, e chamar-te mãe…


Se tu quiseres… Eu chamo-te mãe…


Só tens que realizar a maior das minhas fantasias, e telefonar-me no dia dos meus anos. Sabes que o espero há quase 40 anos…


Nem tens que me dar os parabéns, nem falar de como tudo se passou, nem mostrar-te feliz ou infeliz com o acontecimento.


 Quero apenas que me digas que estás a pensar em mim.


 Que ao menos nesse dia.


 Te lembras que eu existo.


 Faltam 20 dias….


Começa a arranjar coragem, por favor.


 São apenas nove números a discar.


 Se fôr preciso, eu pago-te o telefonema.


Esta é a primeira vez que suplico seja o que fôr, seja a quem fôr.


Telefona-me no dia dos meus anos.


Faltam 20 dias.


 Por favor….



publicado por Fernanda às 10:43
link do post | comentar | ver comentários (27) | favorito
|

Quarta-feira, 17 de Novembro de 2004
Morte

Acabei de chegar de um funeral.


Eu que dizia que só iria ao meu.


Só vi o defunto duas vezes, nem me lembro como se chama(va), mas sou muito amiga da irmã e foi por ela que assisti.


 É deprimente que se farta! Tenho a certeza que todas as pessoas que ali estavam pensavam o mesmo que eu… Um dia destes calha-nos!


Pois é. Ninguém escapa. Mais tarde ou mais cedo. Quanto mais tarde melhor….


Quando vinha no caminho, tranquei os olhos na traseira do camião que ía à minha frente e pus-me a pensar.. Que desperdício passarmos uma vida inteira a correr de um lado para o outro, tipo baratas tontas ou formigas sem perspectivas, para depois nada levarmos para o caixão!


 Para onde irão as memórias, os sentimentos, o que vivemos e a angustia daquilo que deixámos por fazer?


 Eu acredito na reencarnação. Como um castigo. Do género, temos que cá voltar quantas vezes forem precisas, até a nossa alma estar pura. Mas como passamos a vida a fazer asneiras, levamos com uma eternidade de reencarnações até o conseguirmos. Fazes merda agora, pagas na vida seguinte, e daí por diante.


Será assim? Ou será que tudo acaba mesmo na pázada de terra que nos mandam para cima?


 Finito. The End. Kaput. Fim.


Há quem diga que o nosso passaporte para a eternidade está na continuação dos nossos genes. Por aí até me safo, tenho 3 filhos para me perpetuarem.


 Mas, e o resto? É tudo para os bichinhos comerem?


Nã….. Pelo sim e pelo não, e porque até sou do contra e sofro de claustrofobia, vou deixar escrito que quero ser cremada.


 Por agora, paz à alma de todos aqueles que tombam…


E ala que se faz tarde!



publicado por Fernanda às 16:51
link do post | comentar | ver comentários (12) | favorito
|

Terça-feira, 16 de Novembro de 2004
PRIMEIROS PASSOS..
Hoje aconteceu…. Que </p>

O MEU BÉBÉ COMEÇOU A ANDAR SOZINHO!!!!


 E a ama dele conseguiu filmar tudo. Aqui estou eu derretida, a chorar baba e ranho, a ver o cd com os primeiros passos do meu Alexandre!!!!


 Com um nózinho na alma por não ter podido assistir ao vivo… Um nozão.


Meu filho amado…


Meu grande Amor….


Não sei porque escolheste a minha barriga para vir a este mundo…


 Andavas tão feliz Lá em cima, a pular de nuvem em nuvem, de mão dada com todos os bebés que estão por nascer…


 E de repente, decidiste honrar-me com a tua vinda…


Não foi nada fácil gerar-te e fazer-te nascer, mas sinto um orgulho enorme por, mesmo assim, estares cá, cheio de vida e saúde… Só nós sabemos como foi difícil… Mas valeu a pena!


 Tornámo-nos companheiros inseparáveis, há quem nos chame “o par DO ANO"..

Sei que não percebes porque não posso estar sempre ao pé de ti… Nem sonhas como me dói passar o dia longe de ti, só te ver um bocadinho à hora de almoço, e ir-te buscar tão tarde.


 Mas também sei que tivemos muita sorte em encontrar a tua ama, que te cuida tão bem como eu, e toda a sua família que gira à tua volta dia após dia…


Encontraste na mãe-Judite, nos seus filhos, marido e pais um segundo lar, que eu não vou deixar que esqueças quando os anos passarem! Como eu nunca os esquecerei!


E foi pelas mãos da mãe-Judite e da avó-Claudina que ganhaste coragem para dares os teus primeiros passos. Deixaste de lado o medo e a insegurança que te têm tolhido, e começaste a andar e a correr sem medo pelo quintal…


E eu, aqui, a ver-te neste ecran…


Meu amor.


 Que todos os passos da tua vidinha te conduzam à felicidade.


Que eu possa estar ao teu lado enquanto de mim precisares. Para te cuidar, te proteger, te formar pessoa, te ensinar a ser um ser humano sensível, atento e empenhado.


Uma coisa te prometo:


 Neste meu viver de um-dia-de-cada-vez, os próximos anos serão dedicados a te ajudar a aprender e a encontrar o teu lugar neste mundo.


Este mundo que não é grande coisa, mas farei o meu melhor.


E não te deixarei perder a tua infância.


Serás CRIANÇA o tempo que precisares!



publicado por Fernanda às 16:59
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
26
27
28

29
30
31


posts recentes

A ESTRELA !!!

Mas nem tudo são desgraça...

Pois..

Saudade...

ESTUPIDAAAAAAAA!!!!

20 anos

Beleza Pura

De Centauro a Sereia

ATÉ DEUS....

QUERO UM!!!!

arquivos

Agosto 2010

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

Abril 2005

Março 2005

Fevereiro 2005

Janeiro 2005

Dezembro 2004

Novembro 2004

Outubro 2004

Setembro 2004

tags

todas as tags

Fazer olhinhos
blogs SAPO
subscrever feeds